Mundo

Bancos ingleses vão investigar contas da Fifa, e o cerco vai se fechando

Dois bancos ingleses, mencionados na investigação do FBI às práticas da Fifa que indiciou 14 pessoas na última semana, começaram investigações internas para descobrirem se foram usados por membros da entidade máxima do futebol para o pagamento de propinas. O Standard Chartered confirmou a abertura do inquérito. O Barclays, patrocinador da Premier League, não quis comentar, mas, segundo a BBC, fez a mesma coisa.

LEIA MAIS: CBF traiu a Conmebol, votou em Blatter na eleição da Fifa e ajudou a rachar a América do Sul

Contribuir com a investigação que está tentando limpar a Fifa é um bônus, mas a principal motivação deve ser evitar multas pesadas, como a de US$ 1 bilhão que o Standard Chartered já recebeu de órgãos reguladores dos Estados Unidos por ter feito vista grossa à lavagem de dinheiro em transações americanas entre suas contas.

O HSBC foi multado pelo mesmo motivo, em US$ 2 bilhões, e sua vida está ainda mais complicada depois da divulgação de detalhes sigilosos de contas da sua subsidiária suíça HSBC Private Bank, por meio do Swiss Leaks. A investigação jornalista, que envolveu 130 jornalistas e 46 países, descobriu que mais de € 180 bilhões passaram pela agência de Genebra entre clientes e paraísos fiscais. Esse banco também foi citado no relatório do FBI, mas ainda não abriu investigação.

Vale lembrar que, diferente do HSBC, o Barclays e o Standard Chartered patrocinam o futebol inglês e têm preocupação com as suas imagens. O Barclays empresta o nome à Premier League desde 2004, e o Standard Chartered estampa a camisa do Liverpool desde 2010.

Se as suspeitas do FBI estiverem corretas, e esses bancos ingleses foram usados para membros da Fifa movimentarem dinheiro de corrupção, ou mesmo de lavagem de dinheiro, essas investigações internas devem dar resultado e complicar ainda mais a vida da entidade. E o cerco vai se fechando.

LEIA MAIS SOBRE O FIFAGATE

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.