ConcacafInglaterraMundo

Apesar de gol contra terrível, Chelsea vence América do México com golaço de Mount

Reece James deu assistência e marcou um gol contra daqueles estranhos, mas Mount fez o gol da vitória

Amistoso de pré-temporada é para colocar um pouco do time em campo, aquecer as turbinas e testar formações e jogadores. Neste sábado, em Las Vegas, o Chelsea venceu o América do México por 2 a 1, tendo que lidar com um gol contra daqueles terríveis marcados por Reece James – que participou diretamente do primeiro gol do time também, este a favor.

O técnico Thomas Tuchel ainda não contou com os reforços, Raheem Sterling e Kalidou Koulibaly, mas colocou em campo alguns jogadores que estão buscando o seu espaço. Na zaga, Malanga Sarr tenta convencer o técnico que é uma boa opção. No meio-campo, quem tem buscado o seu espaço é Connor Gallagher, que estava emprestado ao Crystal Palace na temporada passada e mostrou muito talento.

O primeiro tempo não teve gols, então ficou tudo para o segundo tempo. Com 11 jogadores diferentes, o Chelsea chegou ao primeiro gol com uma jogada pela direita com Reece James. Ele foi até a linha de fundo, cruzou e Timo Werner teve que finalizar duas vezes para chegar ao gol. Ele finalizou primeiro, a bola rebateu na defesa e sobrou para ele, que desta vez colocou na rede.

O gol de empate do América foi, na verdade, do Chelsea. O gol marcado por Reece James foi daqueles que dá até vergonha: o lateral recuou em olhar para trás e o goleiro Marcus Bettinelli não estava onde ele imaginou. Pior é que o recuo foi bem na direção do gol. Aí não tem jeito: gol e empate. Apesar disso, veio o gol da vitória do Chelsea com o meia Mason Mount, que bateu bonito de fora da para para marcar 2 a 1.

Confira os melhores momentos do jogo:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo