México

Técnico que escalou filho de 12 anos pede demissão

O técnico Julio César Baldivieso pediu demissão do Aurora, da Bolívia, após colocar em campo seu filho de 12 anos. Mauricio Baldivieso jogou os nove minutos finais da derrota para o La Paz, pelo Torneio Clausura, no último domingo.

A direção do Aurora pediu que o treinador deixasse seu filho fora do elenco, e, insatisfeito, ele optou por sair do clube.

“Infelizmente, muita gente não gostou da estreia do meu filho”, disse Baldivieso. “Não vou aceitar que me digam se devo ou não escalar alguém da minha família. O país e o mundo têm de saber que, na Bolívia, jovens têm suas pernas cortadas para dar espaço a jogadores estrangeiros, sem dúvida, ou por razões pessoais”.

A escalação de Mauricio, que completou 13 anos na última quarta-feira, foi motivo de polêmica na imprensa boliviana. “Disseram a Baldivieso que escolhesse entre seu filho e o cargo de técnico do Aurora – ele optou por ser pai”, disse o diário La Razón.

Baldivieso, que disputou a Copa do Mundo de 1994 pela seleção boliviana, levou o Aurora ao título nacional no ano passado.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo