México

O que é mais fantástico: o gol de goleiro ou a narração?

Gols de goleiro já não são grandes novidades. E um dos maiores deles tivemos há menos de um mês, quando Muñoz virou o jogo em favor do América na final do Campeonato Mexicano. Mas ainda assim é legal ver. Ainda mais no caso desse vídeo. Britannia e Nacional se enfrentavam pela quinta rodada do quadrangular final do Campeonato Arubano.

O Nacional vencia por 2 a 1, resultado que mantinha suas chances e eliminava o Britannia. No desespero, o rechonchudo goleiro Kendrick Dania atravaessou o campo e tentou ajudar no ataque. E ajudou bastante. Marcou o primeiro gol de goleiro da história do futebol de Aruba.

O mais legal nem é o gol em si, mas ouvir a narração em papiamento, idioma local que mistura português, holandês, inglês e espanhol. Ainda assim, não é o gol de goleiro mais fantástico da história do Caribe. A marca continua com o gol abaixo, marcado nos anos 80 na Guiana Francesa e que até valeu ao seu autor o título de gol Artilheiro do Fantástico (concedido no saudoso Gols do Fantástico a quem fazia o gol mais bonito do fim de semana).

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo