México

Concachampions: o mapa da mina das quartas de final

Se o hiato de dois meses chama a atenção pela espera dos playoffs da Liga dos Campeões da Europa, imagine a aflição dos torcedores dos clubes membros da Concacaf: o intervalo entre o fim da fase de grupos e o mata-mata é de 4 meses e meio.

Mas a espera vale a pena. Ainda que a Concachampions, simpática alcunha pela qual a oficial Liga dos Campeões da Concacaf ficou mais conhecida, não tenha o glamour de sua “irmã” europeia, é a partir dos playoffs que a disputa começa a ficar interessante, já que as grandes babadas geralmente caem na fase inicial e restam somente os candidatos mais, digamos, sérios e com chances de título.

Mas é claro que nem tudo ocorre dessa forma. O gigante Chivas, por exemplo, deu vexame e tornou-se o primeiro clube mexicano eliminado ainda na fase de grupos desde que a Concacaf adaptou o formato da disputa em 2008. Isso para se ter uma ideia da supremacia de mexicanos e norte-americanos.

Tanto que dos oito clubes restantes na Concachampions, somente dois não são de México e Estados Unidos: o tradicional (nacionalmente falando) Herediano, da Costa Rica, e o surpreendente Xelajú, que nem mesmo na Guatemala é uma força tão grande assim, a despeito de estar localizada na segunda cidade futebolisticamente mais forte do país. Los Angeles Galaxy (EUA) e Monterrey (MEX) terão a missão de espantar as zebras.

Nos outros duelos, os confrontos serão mais interessantes, opondo representantes da Major League Soccer (MLS) e Liga MX: Seattle Sounders e Tigres em um jogo e Houston Dynamo e Santos Laguna em outro. Outro dado curioso: todos os confrontos serão inéditos. Ou seja, nenhum dos confrontos já ocorreu por competições oficiais. Um aperitivo a mais para ficar de olho.

Dos oito clubes restantes, somente Galaxy e Monterrey (duas vezes) já conquistaram a taça da competição, o que aumenta ainda mais a imprevisibilidade da disputa. Ainda não se convenceu das vantagens de acompanhar o torneio? Então lá vai: vale vaga no Mundial de Clubes no fim do ano. Portanto, o vencedor pode ser um dos possíveis obstáculos de brasileiros no caminho do título no Marrocos. Confira um pouco mais sobre os confrontos:

Los Angeles Galaxy (EUA) x Herediano (CRC)
Monterrey (MEX) x Xelaju (GUA)
Santos Laguna (MEX) x Houston Dynamo (EUA)
Seattle Sounders (EUA) x Tigres (MEX)

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo