Serie A

Vieri: “Sem Ronaldo, o ataque da Inter é mais forte que o da Juventus”

Saída de Ronaldo deixa uma falta de gols na Juventus, avalia Vieri, e Icardi seria uma boa opção para substituir essa lacuna

O atacante Christian Vieri afirmou que a saída de Cristiano Ronaldo da Juventus deixa uma lacuna de gols na equipe de Turim, que poderia ser preenchida com uma contratação. Para ele, alguém como Mauro Icardi, do PSG, seria uma boa opção para substituir o português.  Além disso, ele acredita que o ataque da Velha Senhora não é mais o melhor da Serie A.

LEIA TAMBÉM: O Empoli se agigantou em Turim e, pela primeira vez desde 1999, derrotou a Juve pela Serie A

Na temporada 2020/21, Cristiano Ronaldo jogou 44 partidas e marcou 36 gols. Na Serie A, foram 33 jogos e 29 gols marcados. Foi o artilheiro da Juventus com alguma sobra – além de artilheiro também do Campeonato Italiano. Romelu Lukaku, o segundo com mais gols da campeã Inter, fez 24. O segundo jogador da Juve com mais gols foi Álvaro Morata, com  11.

“Antes de Ronaldo sair, eu disse que o ataque da Juventus era o mais forte. A Juventus era mais forte. Agora, coloco a Inter na frente”, analisou Vieri. “Os 25 a 30 gols de Ronaldo foram embora, aqueles que disseram que não estava indo bem ficarão felizes. Quando Ronaldo sai, não há opções melhores. Mas alguém precisa marcar os gols que ele marcava. Não acho que Kean será capaz de marcar tantos, mas é correto dar a ele todo o campeonato para julgá-lo”.

Para Vieri, seria necessário contratar um jogador para substituir o português. O nome de Mauro Icardi foi muito especulado, mas a Juventus acabou não o contratando. Havia dificuldades no negócio e o PSG não facilitou, assim como os bianconeri também não fizeram grandes esforços.

“Icardi é alguém que joga pouco para o time, mas ele tem a finalização como sua marca, é fácil para ele fazer 20 gols. Como há a necessidade desses 20 gols, talvez eu fizesse mais para conseguir contratá-lo. Mas no mercado, não é sempre possível fazer o que parece o melhor”, disse Vieri.

A aposta da Juventus é dividir mais essa responsabilidade de gols. O técnico Massimiliano Allegri começou a temporada com um ataque formado por Paulo Dybala e Álvaro Morata. Nenhum dos dois é um grande artilheiro. Há outros nomes como Federico Chiesa e Federico Bernardeschi, que podem contribuir.

Moise Kean é a aposta de mercado para conseguir um bom reforço no ataque. O atacante é claramente talentoso, mas ainda não conseguiu brilhar como se esperava no seu início de carreira.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo