ItáliaSerie A

[Vídeo] Vítima de racismo, Koulibaly mostrou o que importa no futebol ao dar sua camisa a menino

Kalidou Koulibaly foi vítima da intolerância de parte da torcida da Lazio nesta quarta-feira. Os biancocelesti direcionaram insultos racistas ao zagueiro do Napoli, em episódio que provocou até mesmo a paralisação da partida. O senegalês, no entanto, manteve a cabeça erguida no Estádio Olímpico de Roma. E deu um exemplo de convivência ao final da partida. Foi em direção aos seus torcedores e entregou a sua camisa a um garoto. Se as ofensas merecem punições severas, o defensor optou por não se intimidar com o ataque e mostrar o que realmente vale a pena no futebol.

Na saída de campo, Koulibaly optou por não falar com a imprensa. Porém, o técnico Maurizio Sarri comentou o incidente: “Em partes, o episódio nos afetou. Preciso parabenizar o árbitro Irrati, porque a situação era vergonhosa. Meu jogador se sentiu amargurado, e com a ajuda de seus companheiros ele conseguiu se recuperar”. Ao final, o gesto de Koulibaly serviu como excelente “resposta”, acima da ignorância de seus agressores.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo