ItáliaSerie A

Napoli pressiona Juventus em casa, mas não leva os pontos

Apesar de muito pressionar a líder Juventus no estádio San Paolo, o Napoli não conseguiu ir além de um empate por 1 a 1 no jogo que abriu a 27ª rodada do Campeonato Italiano. O resultado é confortável para a Juventus, que segue com seis pontos de vantagem na liderança da tabela.

A Juventus saiu na frente logo aos nove minutos de jogo. Em um cruzamento da esquerda de Andrea Pirlo que o zagueiro Giorgio Chiellini subiu bonito para marcar de cabeça. Um gol que fez o jogo tornar-se muito mais duro ainda para o Napoli, que teria que enfrentar a dura defesa dos bianconeri.

O gol de empate saiu no fim do primeiro tempo, da forma como o time conseguia chegar: em um chute de fora da área. O volante Gökhan Inler soltou a bomba, a bola desviou na zaga e tornou a defesa de Buffon impossível: 1 a 1, aos 43 minutos de jogo. Tudo igual no placar para o segundo tempo.

A etapa final foi uma grande pressão dos Partenopei. O time chegou muitas vezes ao campo de ataque, se jogando à frente pelos lados do campo, sua grande qualidade, jogando bolas na área e com chutes de fora da área.

Foram diversas chances perdidas por Maggio, Cavani, Hamsik e Pandev. O time rodava o jogo, mas não encontrava muitos espaços, então chutava de onde dava. E o goleiro Buffon esteve sempre bem quando acionado. O jogo tinha pinta que não teria mais gol. Dos mandantes. Porque a Juventus, com aquela cara cínica de quem não liga por tomar pressão, esperava por um ataque para tentar o gol da vitória.

Sabendo que o empate era um bom resultado, já que a manteria seis pontos à frente na tabela, a Juventus cozinhava o jogo quando tinha a bola e procurava gastar o tempo. O Napoli, apressado, se jogava ao ataque como podia, mas a organização já não era muito grande. O time jogava na base do abafa, com toda a tensão de ter a responsabilidade de vencer. Não foi suficiente.

Assim, a Juventus vai a 59 pontos e segue tranquilamente na ponta do Campeonato Italiano. O Napoli é o segundo, com 53, mas seis pontos atrás.  Com esse resultado, sem conseguir tirar pontos diretamente do adversário, a briga dos Partenopei pelo título parece cada vez mais complicada.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo