O Napoli tinha uma grande chance de somar pontos na Serie A ao enfrentar um adversário como o Spezia. Em casa, é um time que qualquer equipe, das 20 participantes da primeira divisão italiana, vai sonhar em vencer. E mesmo sendo melhor em campo, atacando mais, criando mais e chutando mais de 20 vezes a gol, os napolitanos saíram de campo derrotados por 2 a 1, de virada. Sem criar quase nada, o Spezia aproveitou as duas chances que teve para vencer e conseguir três pontos que caem do céu.

LEIA TAMBÉM: Sampdoria derruba Inter e embola Serie A; Roma, Sassuolo, Atalanta e Lazio vencem

Os Partonopei tinham os desfalques de Dries Mertens, Victor Osimhen, Kalidou Koulibaly, Diego Demme e Kevin Malcuit. Mesmo assim, foi o time de Gennaro Gattuso que já começou melhor. Logo no começo do jogo, Lorenzo Insigne perdeu uma boa chance, depois de uma jogada de Hirving Lozano. Matteo Politano também passou perto de marcar em um chute colocado.

As chances foram se acumulando. O Spezia chegou a escapar de tomar o gol em um lance com três chances seguidas do Napoli: primeiro Lozano recebeu um presente, mas desperdiçou, Insigne tentou e foi bloqueado, por fim Fabián Ruiz tentou de cabeça, mas a bola foi tirada, em cima da linha.

Só no primeiro tempo, foram 15 chutes, seis deles no alvo, três para fora e outros seis bloqueados. O massacre de chance continuou no segundo tempo, com Lozano e Andrea Petagna fazendo o goleiro trabalhar nos minutos iniciais.

O primeiro gol só foi marcado aos 13 minutos do segundo tempo. Giovanni Di Lorenzo recebeu na direita depois de um rebote de chute bloqueado de Insigne, cruzou para o meio e Petagna marcou 1 a 0. Parecia que o cadeado tinha sido enfim quebrado. Com tantas chances criadas, será que enfim o Napoli conseguiria matar o jogo?

Aos 22 minutos, Fabián Ruiz cometeu pênalti em Tommaso Pobega em uma entrada imprudente. M’bala Nzola cobrou com categoria, deslocando David Ospina, e marcou: 1 a 1. Um gol que foi quase um presente para os visitantes. O empate já era um presente, mas veio mais ainda.

Ardian Ismajli subiu com o cotovelo aberto sobre Petagna e acabou recebendo o cartão amarelo. Como já tinha, foi expulso. O Spezia ficou com um jogador a menos. Mesmo assim, arrancou uma vitória improvável. Emmanuel Gyasi fez um bom passe para NZola, que tocou na saída do goleiro, a bola tocou a trave e no rebote Tommaso Pobega completou para o gol. Virada do Spezia: 2 a 1.

O Napoli tentou, continuou buscando, mas se antes a incompetência era enorme antes, passou a ser ainda mais pesada depois de tomar a virada, com o emocional sendo terrível. O time ainda tentou, é verdade, mas não mudou o cenário. A derrota aconteceu.

O Napoli fica com 28 pontos, em quinto, um atrás do Sassuolo, quarto. O Spezia sai da zona do rebaixamento depois de três derrotas consecutivas, com 14 pontos, em 16º. Iguala o Cagliari, 15º, e fica com dois pontos a mais que o Torino, 17º, que tem a mesma pontuação do Parma, 18º, primeiro time na zona do rebaixamento.

Ficha técnica

Classificação da Serie A

Standings provided by SofaScore LiveScore

Melhores momentos