Serie A

Milan encara hoje o seu maior pesadelo na temporada

Após derrotas seguidas por Serie A e Liga Europa, Milan tem o pior destino: encontra a Atalanta, sua grande carrasca na temporada

A temporada do Milan não é exatamente excelente, já que caiu na fase de grupos da Champions League e, apesar de estar no alta da tabela da Serie A, não disputou efetivamente o título com a virtual campeã Internazionale ou com a não mais favorita Juventus. Mas não dá para falar que os rossoneri fazem um ano ruim. A não ser quando entra em campo contra a adversária (ou vilã?) deste domingo (25): a Atalanta. O confronto é válido pelo Campeonato Italiano, mas já aconteceu na Copa da Itália e, como bom pesadelo, a Atalanta venceu.

Se não poder ser campeão italiano dada a desvantagem de 11 pontos na tabela para a Internazionale, o Milan ao menos luta pelo segundo lugar, muito por conta da crise da Juventus, que não vence há três jogos. Os três times entram em campo neste domingo pela Serie A. Ao menos, no entanto, os rossoneri têm basicamente garantida a vaga na próxima edição da Champions League, pois tem sete pontos de vantagem para a própria Atalanta, atualmente a quinta colocada (pois o Bologna tem dois jogos a mais, por ter vencido na abertura rodada o Hellas Verona na sexta-feira).

Pois bem, se para o Milan vale a distância definitiva do primeiro time fora da zona de classificação para a Champions League, para o Atalanta vale literalmente o retorno a esse posto, já que, com dois jogos a menos do que o Bologna, La Dea está três pontos atrás. Na bagunça que está atualmente a disputa por vagas em competições europeias na Itália, a Atalanta meio que conseguiria ficar em uma posição confortável na disputa se vencesse o Milan, podendo até ameaçar o rival (mas não passá-lo) se também vencesse seu jogo a menos na tabela.

Como o Milan chega para o jogo contra a Atalanta

Duas derrotas seguidas e as coisas não estão mais tão calmas no San Siro. Na primeira, no último final de semana, derrota para o Monza, fora de casa, em tropeço que impediu o Milan de roubar a segunda colocação da Juventus e ainda permitiu que o pelotão de trás se aproximasse; na segunda, revés com gosto de vitória contra o Rennes, na partida que terminou 3 a 2 para os franceses, mas garantiu a classificação dos italianos às oitavas de final da Liga Europa.

Com seu departamento médico abarrotado, o Milan pode ter diante da Atalanta alguns reforços vindos de lá — nenhum, no entanto, está garantido. Segundo informações do próprio clube os meio campistas Yunus Musah e Ruben Loftus-Cheek e o lateral Alessandro Florenzi podem ter condições de jogo, mas isso dependerá de avaliações feitas poucas horas antes da partida. O que se sabe é que os rossoneri não contarão com o suspenso atacante Luka Jovic e nem com os lesionados Davide Calabria, Pierre Kalulu, Fikayo Tomori e Tommaso Pogeba.

Uma lista imensa para um time que enfrenta seu grande algoz na temporada. Além da derrota para a Atalanta que custou a eliminação na Copa da Itália, o Milan também perdeu para o rival deste domingo no primeiro turno da Serie A. Esta, aliás, havia sido a última derrota rossonera no Campeonato Italiano antes do revés para o Monza na rodada anterior. Perder hoje significa não apenas uma chamativa freguesia para a Atalanta, como coloca o Milan em inesperados maus lençóis na busca por uma vaga na próxima edição da Champions League.

Como a Atalanta chega para o jogo contra o Milan

Diferente do rival deste domingo, a Atalanta chega ao San Siro com uma série invicta de dar inveja, já que a equipe comandada por Gian Piero Gasperini não perde desde 23 de dezembro do ano passado, quando foi derrotada pelo Bologna. Em 2024, La Dea abriu os trabalhos eliminando o Sassuolo da Copa da Itália, empatou com a Roma e, depois só venceu: foram seis partidas com 100% de aproveitamento, entrando aí também a partida na qual venceu (e eliminou) o Milan da competição italiana em mata-mata — na qual a Atalanta é semifinalista e encara a Fiorentina.

Assim como o Milan, a Atalanta também está na Liga Europa, mas não jogou no meio da semana por ter liderado seu grupo e, assim, obtido vaga direta nas oitavas de final, nas quais fará duríssimo confronto contra o Sporting. Mas, por agora, La Dea está 100% focada na Serie A, justamente por fazer dois confrontos duríssimos em sequência. Além do Milan, o time enfrentará na semana que vem, também em Milão, a Internazionale, no jogo atrasado pela presença dos rivais na Supercopa da Itália. Ou seja, pode voltar para Bergamo ou com uma vaga bem encaminhada na próxima Champions League ou com muitos problemas para resolver.

Para o jogo deste domingo contra o Milan, a grande esperança da Atalanta reside justamente em um jogador emprestado pelos rossoneri: o meia atacante belga Charles De Ketelaere, que vem sendo um dos principais atletas de La Dea na Serie A na atual temporada. Depois de brilhar em seu país e ser comprado pelos milaneses, ele teve um último ano fraquíssimo e acabou sendo emprestado para a Atalanta, na qual recuperou seu melhor futebol: são 12 participações em gols até aqui, com seis redes balançadas e seis assistências, uma mostra do futebol que ele apresentou na Bélgica e que ficou em falta em sua primeira temporada na Itália

Botão Voltar ao topo