Serie A

Guia da Série A 2020/21 – Verona

Este texto faz parte do guia da Serie A. Clique aqui para ver todos os clubes.

Cidade: Verona (Vêneto)
Estádio: Marcantonio Bentegodi (31.045 lugares)
Fundação: 1903
Apelidos: Mastini, Scaligeri, Butei, Gialloblù
Principais rivais: Vicenza, Napoli e Milan
Participações na Serie A: 30
Títulos: 1
Na última temporada: 9ª posição

Objetivo: escapar do rebaixamento
Brasileiros no elenco: Alan Empereur e Lucas Felippe
Técnico: Ivan Juric (2ª temporada)
Destaque: Miguel Veloso
Fique de olho: Kevin Rüegg

Principais chegadas: Adrien Tameze (v, Atalanta), Marco Benassi (m, Fiorentina) e Antonín Barák (mat, Lecce)

Principais saídas: Amir Rrahmani (z, Napoli), Sofyan Amrabat (v, Fiorentina) e Marash Kumbulla (z, Roma)

Time-base (3-4-2-1): Silvestri; Çetin, Günter, Empereur (Magnani); Faraoni, Tameze, Miguel Veloso, Lazovic; Benassi, Barák (Zaccagni); Di Carmine (Stepinski).

Uma das surpresas da última temporada, o Verona precisou passar por uma pequena revolução. Como havia contratado muitos jogadores por empréstimo e teve atletas com desempenho destacado em 2019/20 – inclusive os que estavam cedidos –, não foi capaz de segurá-los e manter o elenco inalterado.

Oito peças importantes deixaram o Bentegodi e cinco delas são de difícil reposição, pelo papel central que ocupavam: Rrahmani, Kumbulla, Amrabat, Pessina e Verre.

Para substitui-los, a diretoria buscou jogadores promissores, como Çetin, Ilic e Rüegg, e também observou o mercado para aproveitar descartes de outras equipes italianas. Essa estratégia deu certo na última campanha e promete ser eficaz novamente, já que Benassi, Tameze e Barák têm muita qualidade. A rigor, os experientes Miguel Veloso e Lazovic ganham companheiros de meio-campo que não devem em nada aos seus antecessores.

É improvável que o Hellas brigue na parte de cima da tabela novamente, mas o verdadeiro objetivo dos mastini na temporada é uma permanência sem sustos. Para tal, Juric manterá seu consolidado e compacto 3-4-2-1, no qual costuma fechar a casinha e apostar em rápidas transições com Faraoni e Lazovic.

.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo