Serie A

Goleiro reserva salva Milan em empate contra a Juventus, que pode cair mais na tabela

Marco Sportiello foi escalado de última hora, e ajudou o Milan a garantir um ponto fora de casa em clássico contra a Juventus

Marco Sportiello teve um sábado (27) bastante surpreendente. Reserva do Milan, o goleiro virou titular para o clássico contra a Juventus no Allianz Stadium após o titular Mike Maignan sentir uma lesão no aquecimento. E mesmo recebendo uma grande responsabilidade de última hora, o goleiro de 32 anos foi o grande destaque e responsável pelo empate sem gols, pela Serie A.

O resultado mudou pouca coisa na tabela, mas foi mais benéfico para o time rossonero. Na segunda posição da Serie A e já sem chances de alcançar a campeã Internazionale, o Milan chegou aos 70 pontos, e manteve os 5 de distância da própria Juventus, terceira colocada. Já a Vecchia Signora está com o sinal de alerta ligado, já que caso o Bologna vença a Udinese neste domingo (28), o time de Turim pode cair para o quarto lugar na tabela.

Primeira etapa de muitos toques e pouco perigo

O jogo com dois dos maiores clubes italianos de todos os tempos começou bastante monótono. Jogando em casa, a Juventus até tentou mais, mas tinha dificuldades de ultrapassar a defesa milanista. Algumas das melhores chances vieram com chutes de fora da área de Cambiaso, que foram para a linha de fundo.

A partir dos 20 minutos, ambos os times passaram a tentar atacar de forma mais direta, mas nenhum deles conseguiu sequer acertar uma finalização na direção do gol. Mesmo com mais posse de bola, a equipe rossonera também não conseguia chegar com espaço na área da Vecchia Signora.

A grande chance da etapa inicial aconteceu já aos 47 minutos. Em cobrança de falta, Vlahovic quase surpreendeu Sportiello, que teve de voltar ao canto onde estava para fazer uma grande defesa. Porém, a finalização em um dos últimos lances antes do intervalo mostrou o quão morna estava a partida.

Goleiro do Milan assegura resultado

Querendo se aproximar da segunda colocação e satisfazer a torcida diante de um rival, a Juventus voltou mais propensa a abrir o placar. Aos 6 minutos, Kostic acertou um chute forte, espalmado por Sportiello. No rebote, Danilo apareceu para completar, mas novamente o reserva de Maignan salvou o Milan.

Se o goleiro reserva salvava o Milan na defesa, no ataque, o grande astro da equipe tinha dificuldades de criar. Sempre com mais de um zagueiro em seu encalço, Rafael Leão teve um desempenho bastante discreto. A Juventus chegou novamente com perigo aos 15 minutos, mas a cabeça de Yildiz foi para fora.

Aos 21 minutos, o Milan chegou perto de anotar o gol com Loftus-Cheek. Porém, seu chute de fora da área passou na lateral do gol de Szczęsny. Mas logo depois a Juventus voltou a ter controle, e aos 28 minutos, Sportiello salvou mais uma vez o Milan mostrando reflexo após uma perigosa cabeçada.

E mesmo quando justamente Sportiello quase falhou, a defesa rossonera salvou. O goleiro teve dificuldades para encaixar uma cabeça e no rebote, Rabiot apareceu para bater de primeira em cima da área. Porém, Thiaw fez praticamente um gol ao aparecer em cima da linha para tirar a finalização do seu compatriota. Os anfitriões seguiram tentando pressionar, mas o trabalho defensivo, aliado ao desempenho do goleiro reserva milanista foram suficientes para manter o resultado em 0 a 0.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo