Itália

Sem acordo por novo contrato, Dybala deve sair da Juventus ao fim da temporada

O CEO da Velha Senhora, Maurizio Arrivabene, confirmou que não houve acordo entre as partes em uma reunião nesta segunda-feira

O principal executivo da Juventus, Maurizio Arrivabene, confirmou que Paulo Dybala não renovará o seu contrato e deve sair ao fim desta temporada. Houve uma reunião nesta segunda-feira entre o clube e representantes do jogador que terminou sem um acordo e colocou ponto final em um longo processo de renovação que chegou a parecer que teria um final feliz.

Em outubro do ano passado, Dybala e Juventus chegaram a um acordo verbal por um novo contrato de € 8 milhões mais € 2 milhões de bônus anualmente, mas o clube recalibrou os parâmetros antes de ele ser assinado, tendo em mente, entre outros fatores, as condições físicas do jogador, segundo a Gazzetta dello Sport.

Dybala, 28 anos, tem sofrido com problemas musculares, após disputar apenas 26 jogos na temporada passada. Segundo Arrivabene, a contratação de Dusan Vlahovic também mudou as necessidades da Juventus. O sérvio chegou da Fiorentina em janeiro, quando a cúpula do clube tomou a decisão de não renovar com Dybala.

“Foi uma reunião amigável, clara e respeitosa. Tivemos uma abordagem muito sincera. Com a chegada de Vlahovic, Paulo não estava mais no centro do projeto e tomamos esta decisão. A chegada de Dusan mudou a posição. A estrutura técnica do time e o projeto da Juventus passaram por algumas mudanças. Parte dessas mudanças se refere ao contrato de Dybala, que não foi renovado”, disse Arrivabene.

O dirigente afirmou que apresentar uma proposta baixa demais para Dybala seria um desrespeito aos sete anos que o jogador passou em Turim, desde que foi contratado do Palermo em 2015. “Os parâmetros em outubro eram diferentes. Houve considerações sobre participações, duração de contrato e outros de natureza econômica. É importante sublinhar que a administração não toma decisões contra a Juventus, mas a favor do clube”, disse.

Com 113 gols em 283 partidas, Dybala teve participação importante em títulos da Juventus nos últimos sete anos, mas sempre sofreu para ter regularidade. De qualquer forma, livre no mercado, será um dos reforços mais cobiçados por grandes clubes europeus – e praticamente todos eles já foram especulados.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo