Ronaldinho é do Milan

O Milan anunciou nesta terça-feira a contratação de Ronaldinho. O jogador brasileiro chegará a Milão nesta quarta-feira para se submeter a exames médicos e assinar contrato até junho de 2011, segundo anunciou o clube italiano em seu site oficial.

O Barcelona divulgou que receberá € 21 milhões pela transferência, além de bônus que podem levar o valor total a € 25 milhões, dependendo da classificação do Milan para a Liga dos Campeões nas próximas temporadas. O valor é consideravelmente menor do que os € 32 milhões da proposta que o clube catalão alega ter recebido do Manchester City, mas o desejo de Ronaldinho de jogar no Milan foi decisivo.

As negociações vinham se desenvolvendo desde segunda-feira entre os dirigentes dos dois clubes, o jogador e seu empresário e irmão, Roberto de Assis, e o intermediário da negociação, Ernesto Bronzetti, representante do Milan na Espanha. De acordo com os jornais italianos, Ronaldinho receberá no Milan um salário anual de € 6,5 milhões.

A ida de Ronaldinho levanta dúvidas sobre sua participação nos Jogos Olímpicos. O Milan não liberou Kaká para o torneio, mas ainda tem de se pronunciar sobre o novo reforço. Não é descartado que a liberação para as Olimpíadas tenha sido uma condição imposta pelo jogador nas negociações.

No Barcelona, onde passou as últimas cinco temporadas, Ronaldinho foi eleito por duas vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa, em 2004 e 2005. Conquistou a Liga dos Campeões em 2006, e os títulos espanhóis de 2005 e 2006. Na última temporada, no entanto, caiu muito de rendimento, enfrentou problemas físicos e raramente atuou como titular.

O novo técnico do Barça, Josep Guardiola, havia declarado que não contava com Ronaldinho em seus planos, deixando claro que seu futuro seria longe do Camp Nou. Segundo o diretor de futebol 'blaugrana', Txiki Begiristain, Ronaldinho abriu mão dos 15 por cento do valor da transferência a que teria direito.