Itália

Pilar de experiência de um Milan jovem, Simon Kjaer renova contrato até 2024

O zagueiro de 32 anos, entre os finalistas da Bola de Ouro, foi um dos destaques da Euro 2020, dentro e fora de campo

O Milan retornou à Champions League e começa o Campeonato Italiano pela segunda vez como um possível candidato ao título. Tudo isso com um time bastante jovem, no qual a maioria dos principais jogadores tem menos de 25 anos. Mas sempre ajuda ter algumas fontes de experiência e, nesta quarta-feira, o clube garantiu uma delas ao renovar o contrato do zagueiro Simon Kjaer, 32, até 2024.

O dinamarquês chegou ao Milan no começo de 2020. Vinculado ao Sevilla, estava emprestado à Atalanta e foi repassado ao clube rossonero. Foi titular na retomada da Serie A após a paralisação por causa da pandemia, quando o Milan começou a disparar com uma sequência invicta que transbordou ao primeiro turno do campeonato seguinte. Na última temporada, fez 28 partidas pela Serie A, todas como titular.

Teve uma leve lesão muscular no começo desta campanha, mas segue atuando com regularidade, em uma dupla de zaga com o jovem Fikoyo Tomori que mistura experiência e vitalidade e que tem ajudado o Milan a começar o Campeonato Italiano com nove vitórias e um empate nas primeiras dez rodadas.

Kjaer também ganhou destaque, dentro e fora de campo, na Eurocopa deste ano. Como capitão, liderou a Dinamarca às semifinais e também teve um papel importante quando Christian Eriksen desabou em campo com um ataque cardíaco na primeira rodada da fase de grupos contra a Finlândia. Kjaer deu o primeiro auxílio ao meia e também ajudou a consolar a sua namorada que havia entrado em campo.

Ele foi homenageado pela Uefa no sorteio dos grupos da Champions League e também foi o representante da Dinamarca na lista de 30 finalistas da revista France Football que concorrem ao prêmio Bola de Ouro, entregue ao melhor jogador do ano.

Agora o Milan precisa resolver também as renovações de Franck Kessié e Alessio Romagnoli que possuem contratos apenas até o final desta temporada.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo