Itália

Paul Pogba volta à Juventus para tentar retomar o futebol que o consagrou

Seis anos depois de deixar o clube de volta ao Manchester United, Pogba retorna à Juventus, onde viveu a melhor fase da carreira, e tentará provar que pode ser aquele mesmo jogador com 29 anos

Paul Pogba é um dos grandes talentos como meio-campista da sua geração, mas apesar disso, a sua falta de constância o fez ser questionado muitas vezes nos últimos anos. Após deixar o Manchester United pelo fim do seu contrato, em junho, Pogba acertou o seu retorno à Juventus, clube onde viveu o seu auge como jogador. Aos 29 anos, ele ainda tem muitos anos de futebol pela frente, mas precisará mostrar em campo. O jogador herda a camisa 10 que era vestida por Paulo Dybala na temporada passada e era o seu número quando deixou o clube.

VEJA TAMBÉM: Pogba: “Quero mostrar que o Manchester United cometeu um erro ao não me oferecer um contrato”

A primeira vez que Pogba foi para a Juventus, em 2012, ele sentia que não teria chances no Manchester United, na época ainda comandado por Alex Ferguson – o escocês deixaria o cargo em 2013. Assim, acertou seu contrato com a Juventus e, rapidamente, foi integrado ao time principal. Recebeu a camisa 6 logo na sua chegada e, já na temporada 2012/13, foram 37 jogos (23 como titular) e cinco gols marcados.

A volta ao Manchester United foi de modo triunfal. A pedido de José Mourinho, o meia foi recontratado por uma fortuna: € 105 milhões. Voando pela seleção francesa, tinha tudo para dar certo. Os altos e baixos do jogador, porém, o tornaram um problema. Embora ele tenha vivido alguns momentos muito bons, a sua falta de constância, com muitos momentos apagados, fez com que ele acabasse sendo menos importante do que se esperava.

A sua saída foi especulada diversas vezes e, diante do seu contrato acabando neste junho de 2022, clube e jogador não entraram em acordo para renovação – embora o Manchester United tenha feito proposta, não aceita pelo jogador. A Juventus, então, era um destino natural para Pogba, não só por ser uma necessidade do clube de Turim, mas também pela memória afetiva dele e dos torcedores, pelo momento incrível que ele viveu nos quatro anos de clube.

De 2012 a 2015, Pogba vestiu a camisa 6 na Juventus, até receber a camisa 10 em 2015/16. Foi a sua última temporada pelo clube, antes de retornar ao Manchester United. Naquela temporada, Pogba fez 12 assistências, um número excelente. No total, foram 177 jogos pelos bianconeri, 34 gols marcados e 32 assistências.

A sua volta a Turim faz todo sentido para todos os envolvidos. A Juventus precisa de um jogador que seja o dono do meio-campo, como ninguém conseguiu ser justamente desde a saída de jogadores como o próprio Pogba, Arturo Vidal, Andrea Pirlo e Claudio Marchisio. Pogba retorna mais experiente, mas com muito a provar.

Enquanto suas atuações pela seleção francesa continuam do mais alto nível, os torcedores do Manchester United viam um jogador muito mais apagado. Ele poderá mostrar em Turim que ainda pode ser esse jogador, um dos melhores meio-campistas do mundo, atuando toda semana. É, ao menos, o que os torcedores da Juventus esperam. Talento não falta.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo