Itália

Napoli confronta empresário de Di Lorenzo e nega saída do capitão

Em nota, clube napolitano lembra que o lateral-direito tem contrato até 2028

Napoli e Giovanni Di Lorenzo entraram em rota de colisão. Capitão da equipe azzurri, o lateral-direito deseja deixar o time napolitano na próxima janela de transferências. Acontece que ele tem contrato até junho de 2028, e o clube não pretende negociá-lo no momento.

Nos últimos dias, Mario Giuffredi, empresário de Di Lorenzo, afirmou em entrevista que seu cliente não ficará no Napoli para 2024/25.

Nesta sexta-feira (31), após o jornalista Fabrizio Romano confirmar o acordo entre Napoli e Antonio Conte, Giuffredi foi questionado se a chegada do novo técnico mudaria a situação do lateral. O agente manteve a posição e assegurou a saída de Di Lorenzo.

— O ciclo com o Napoli acabou, partiremos mesmo que o Conte venha — disse Giuffredi.

Napoli emite nota e contesta empresário

O Napoli, como citado, não pensa em se desfazer de Di Lorenzo. Afinal, se trata de um jogador importante, capitão do time e identificado com a torcida.

Em nota divulgada nas redes sociais, o clube napolitano contestou Giuffredi de maneira firme e aumentou a tensão entre as partes.

“O Napoli constata com surpresa que, pela enésima vez em poucos dias, o Sr. Mario Giuffredi afirma que Giovanni Di Lorenzo deixará o Napoli. É necessário sublinhar que Di Lorenzo tem contrato com o Napoli por mais 4 temporadas (…) Portanto, a sua possível transferência está excluída”, diz o comunicado do clube.

A posição do Napoli sobre Di Lorenzo é muito clara. Segundo a imprensa italiana, Conte, ao acertar os últimos detalhes para ser anunciado como novo técnico, pediu ao presidente Aurelio De Laurentiis que mantenha o capitão no plantel.

O jogador de 30 anos tem mercado na Europa e, inclusive, já recebeu sondagens de clubes importantes. Juventus, Atlético de Madrid e Manchester United são apontados como principais interessados no lateral.

Carreira de Di Lorenzo

Giovanni Di Lorenzo passou pelas categorias de base de Lucchese e Reggina. Em maio de 2011, aos 17 anos, disputou seu primeiro jogo profissional na Série B. Na ocasião, o Reggina enfrentou o Sassuolo.

Em 2012/13, com 19 anos, Di Lorenzo atuou pelo Cuneo, na terceira divisão italiana. Já na temporada seguinte, retornou ao Reggina para disputa da Serie B.

Após duas temporadas no Matera, o lateral-direito se transferiu para o Empoli. Por lá, se destacou individualmente e ajudou o clube a conseguir promoção à elite do futebol italiano. No dia 19 de agosto de 2018, aos 25 anos, estreou na Serie A, com vitória por 2 a 0 sobre o Cagliari.

Graças ao bom desempenho no Empoli, Di Lorenzo chamou atenção do Napoli, que o contratou em junho de 2019. De cara, caiu nas graças da torcida napolitana. O lateral se tornou titular absoluto com Ancelotti e, desde então, não saiu mais da equipe.

Campeão da Serie A e Copa Itália com a camisa do Napoli, Di Lorenzo passou a ser um dos laterais mais respeitados da Itália. Não à toa, é frequentemente convocado para seleção. Pela Azzurra, conquistou o título da Eurocopa 2020.

Di Lorenzo pelo Napoli

  • 231 jogos
  • 15 gols
  • 33 assistências
  • 2 títulos (Série A 2022/23 e Copa da Itália 2019/20)
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo