Itália

Torcida do Milan faz campanha contra possível treinador nas redes sociais

Espanhol Julen Lopetegui se tornou primeira opção do clube italiano para substituir Stefano Pioli

Stefano Pioli parece mesmo estar com os dias contados no comando técnico do Milan. A diretoria do clube italiano está insatisfeita com o trabalho do profissional de 58 anos, e já procura por um substituto para a próxima temporada. O nome que aparece como favorito para o cargo é o de Julen Lopetegui, espanhol de 57 anos, que tem passagens pela seleção da Espanha, Porto, Sevilla e estava no Wolverhampton. Mas a torcida do Milan não ficou nada contente com o rumor da contratação.

Promovida pela página MilanZone, o abaixo-assinado #Nopetegui se tornou um dos assuntos mais comentados do X, e chegou a mais de dez mil menções em menos de 48 horas. Tamanha repercussão negativa esfriou as conversas pela contratação.

Os torcedores explicaram a rejeição pelo técnico espanhol com base no retrospecto recente em seus últimos trabalhos. A publicação também citou a passagem de Lopetegui pelo Real Madrid, que ficou apenas quatro meses no cargo, e acabou demitido após uma goleada sofrida para o Barcelona pelo placar de 5 a 1. A nota ainda explica que o torcedor do Milan quer proteger o legado vitorioso do clube e garantir que a equipe seja comandada por um técnico com perfil vencedor.

– O Milan é uma equipe gloriosa que não merece um treinador como Lopetegui. Não queremos que ele esteja no banco rossoneri de forma alguma. A chegada de Lopetegui pode ameaçar esse legado histórico, considerando seu passado como treinador. Durante sua passagem pelo Real Madrid, por exemplo, o time teve um desempenho ruim e ele foi demitido apenas quatro meses depois. Queremos proteger o legado do Milan e garantir que ele seja liderado por um treinador digno de sua gloriosa história – diz a página MilanZone em comunicado.

Nome de Lopetegui agradava diretoria do Milan

As primeiras conversas do Milan com Lopetegui teriam acontecido ainda em dezembro de 2023. Gerry Cardinale, novo dono do clube italiano, havia autorizado a contratação do treinador tendo em vista seu perfil profissional. A experiência do técnico em grandes clubes, aliada ao seu estilo de trabalho em promover jogadores da base e seu estilo de gestão, teriam chamado a atenção da alta cúpula administrativa da equipe, que considerou que o espanhol estava alinhado aos princípios do clube.

Segundo o La Gazzetta dello Sport, a diretoria já tinha um rascunho do contrato com Lopetegui na mesa. O vínculo do treinador seria de três anos, com um valor de quatro milhões de euros (R$ 22 milhões de reais) por temporada.
Com Lopetegui fora de cogitação agora, o Milan recomeça sua busca por um novo treinador. Roberto de Zerbi do Brighton, Paulo Fonseca, do Lille e Mark van Bommel, do Royal Antwerp são opções que o clube irá atrás agora após a rejeição da torcida por Lopetegui.
Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo