Itália

Juventus decidiu tudo no primeiro tempo e eliminou a Roma da Copa da Itália

A Juventus eliminou a Roma em jogo das quartas de final da Copa da Itália, nesta quarta-feira. Jogando em casa, no Allianz Stadium, o time de Maurizio Sarri marcou 3 a 0 ainda no primeiro tempo, aguentou a reação da Roma no segundo, que ainda marcou um gol, e venceu por 3 a 1. Com isso, está nas semifinais da competição.

[foo_related_posts]

Os dois times foram a campo com a maioria dos seus titulares. Na Roma, não esteve em campo Edin Dzeko, substituído por Nikola Kalinic. Na Juve, jogou Gianluigi Buffon no gol, além de Daniele Rugani na zaga. Gonzalo Higuaín foi o titular no lugar de Paulo Dybala, que ficou no banco.

A Juventus abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo. Florenzi perdeu a bola no ataque, a bola foi recuperada, passou por Rabiot, chegou em Douglas Costa, que tocou atrás de Cristiano Ronaldo. O português teve que se reposicionar, mas não foi um problema: ele levou para a perna esquerda, chutou forte, cruzado, e acertou o canto baixo do goleiro: 1 a 0.

Aos 38 minutos, Douglas Costa partiu pela direita e acionou Rodrigo Betancur dentro da área. Mesmo cercado por adversários, o jogador fez a finta e a finalização, no cantinho. A bola bateu na trave e entrou: 2 a 0.

Antes do fim do primeiro tempo, as coisas ficaram ainda melhores para os bianconeri. O jogo estava já nos acréscimos, a Juventus cobrou o escanteio de forma curta, Douglas Costa cruzou da direita para a segunda trave e Leonardo Bonucci cabeceou para marcar: 3 a 0.

O segundo tempo começou animado. A Roma acertou a trave com Kalinic, logo nos primeiros minutos, e a resposta da Juventus foi imediata, com Higuaín acertando a trave também. No lance seguinte, porém, não teria jeito. Aos quatro minutos do segundo tempo, Cengiz Under carregou a bola do lado direito para o meio, ameaçou chutar algumas bezes, até que finalmente soltou uma bomba: a bola bateu no travessão, no chão e em Buffon para entrar: 3 a 1.

A Roma ainda tentou mais, com Florenzi tendo uma boa chance quando foi deslocado para o ataque, no segundo tempo. Buffon, porém, defendeu bem ao fechar o ângulo. Kalinic também tentou, assim como Aleksandar Kolarov. A Juve ainda teve uma chance com Higuaín, mas o goleiro Pau López defendeu.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.