Copa do MundoItáliaMundo

Itália, a arte de conseguir vitórias improváveis e épicas

Parece incrível, mas a Itália conseguiu uma vitória daquelas inacreditáveis. A vitória por 4 a 3 contra o Japão na Arena Pernambuco foi absolutamente sensacional. Um jogo que virou algumas vezes, que teve o Japão jogando mais, melhor, pressionando, e vendo a Itália jogar bem também. Sim, porque a Itália não jogou mal – embora sua defesa sim. O Japão fez um jogo incrível. Keisuke Honda jogou muita, mas muita bola.

Merece ganhar ou não é um detalhe, o que importa é o placar final. E os italianos, muitas vezes, conseguem vitórias de maneira tão fantástica que seus torcedores estão absolutamente treinados para ataques cardíacos. Não é a primeira vez que a Itália vence de uma maneira épica. Certamente nem será a última.

Vamos lembrar alguns desses momentos:

Semifinal da Copa do Mundo de 1970: Itália 4×3 Alemanha

Um dos jogos mais fantástico das Copas do Mundo. Uma batalha épica entre os dois times, com direito a Beckenbauer com tipoia e gols em profusão na prorrogação. Vale conferir:

Segunda fase 1982 – Brasil 2×3 Itália

Um dos jogos mais trágicos para o Brasil é uma das maiores glórias do futebol italiano. O time italiano era excelente e fez uma partida monumental. O Brasil, por sua vez, acabou engolido e viu uma de suas gerações mais talentosas cair diante de um time com muita tradição, muita camisa, mas também com muito futebol.

Torneio da França 1997 – Itália 3×3 Brasil

O torneio que serviu como uma espécie de preparação para a Copa do Mundo de 1998. Mais ou menos como a Copa das Confederações passou a ser anos depois. Aquele Itália e Brasil foi um empate emocionante, com grandes nomes e belos gols.

Semifinal da Eurocopa 2000 – Itália 0x0 Holanda

Bom, não poderia faltar um empate e classificação nos pênaltis. Aquele confronto, na Amsterdam Arena, foi um dos grandes jogos na campanha. Os dois times ficaram no 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. A Holanda era um excelente time, com grandes nomes, como Frank de Boer, Stam e Kluivert. Nos pênaltis, a Itália venceu, mesmo com Maldini perdendo um dos pênaltis.

Semifinal de 2006 – Itália 2×0 Alemanha

Copa do Mundo na casa do adversário. A Alemanha, dona da casa, com Klinsmann no comando, encanta e surpreende pelo bom futebol. A Itália chegou aos trancos e barrancos – lembram das oitavas de final contra a Austrália? –, mas era um time forte. E acabou eliminando os anfitriões com dois gols na prorrogação, em momentos épicos.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo