Itália

Francesco Totti sobre Mateo Retegui: “Ele me impressionou pelo físico, mental e por trabalhar duro”

Ídolo do futebol italiano, Francesco Totti comentou sobre o argentino de origem italiana, que fez sua estreia na Azzurra com dois gols em dois jogos

Francesco Totti é um dos jogadores mais importantes da história do futebol italiano e foi o camisa 10 da Itália na conquista do título da Copa do Mundo de 2006. Ídolo máximo na Roma, o jogador deu uma entrevista a à Sky Sports Italia para falar sobre Mateo Retegui, a quem ele recomendou a contratação alguns anos atrás para a Roma, e sobre os nacionalizados na seleção italiana, algo que deve aumentar, segundo o próprio técnico Roberto Mancini.

“Eu o assisti em alguns vídeos e ele me impressionou pelo físico, mental e por trabalhar duro. Eu não o indiquei para Mancini, ele é um cara que merece isso e ele tem uma família que o ajuda e o apoia. Acho que ele terá um bom futuro”, avaliou o craque da Roma, falando sobre Retegui.

O ídolo foi perguntado sobre o uso de jogadores oriundi, ou seja, que tem origens italianas, mas nasceram fora do país. “Era um momento diferente quando jogávamos, todo mundo era do seu próprio país, mas agora o futebol mudou e Mancini tem problemas no momento, especialmente no ataque. Mas eu focaria mais nas categorias de base, para desenvolver nossos talentos”, disse o ex-jogador.

Totti também foi perguntado sobre o Napoli, que está com uma mão na taça e tem como técnico Luciano Spalletti, com quem o ex-jogador teve alguns problemas de relacionamento no tempo de Roma.

“Não esperava o Napoli assim. Eu sabia que eles tinham um bom time com um grande técnico, uma combinação bem-feita. Eles fizeram o melhor e tiveram sorte que nenhum time atrás deles foi capaz de manter o ritmo. Quando estava jogando havia a Juventus e a Inter, que se você tivesse 20 vitórias, eles tinham 19. Não foi o caso este ano”, declarou Totti.

Quando foi perguntado sobre o desempenho da Roma, de José Mourinho, Totti se esquivou. “Eu não quero falar sobre eles, porque se não as pessoas vão dizer que eu fiz ou disse algo errado. Eles podem ficar em uma das posições de classificação para a Champions League e espero que eles vão bem na Liga Europa, onde eles podem ser campeões”, disse Totti. “O que mais conta é resultado, então se você jogar bem ou jogar mal, não importa”. Um pensamento que combinaria muito com o técnico da Roma, José Mourinho.

Antonio Conte foi outro assunto da entrevista do craque italiano. Conte foi demitido do Tottenham no último domingo, depois de semanas bastante agitadas sob o comando do italiano. “Antonio tem muitas opções e possibilidades. Eu acho que ele tirará um tempo para decidir onde é o melhor lugar para começar a trabalhar novamente”, disse o eterno 10 da Roma.

Totti, que também foi um artilheiro, como na Serie A, em 2006/07, quando liderou a tabela de artilheiro com 26 gols, foi perguntado sobre a má fase de Tammy Abraham e Andrea Belotti, os dois centroavantes da Roma. “Eu não sei, espero que nos últimos 10 jogos eles possam fazer muitos gols”.

A Roma está na luta por vaga na Champions League. Atualmente, o time está em quinto lugar na tabela, com 47 pontos após 27 jogos. O Milan, quarto colocado, tem 48, com a Inter acima, em terceiro, com 50, e a rival Lazio em segundo lugar com 52 pontos. O Napoli lidera com folga a Serie A com 71 pontos, só esperando a hora de poder comemorar o título.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo