Copa da Itália

Juventus amassa a Sampdoria e segue em frente na Copa da Itália, enquanto a Lazio precisa de Immobile para se safar

A Juventus teve amplo domínio contra uma Sampdoria em crise e construiu a goleada por 4 a 1 no Estádio Allianz

A Juventus não vive a melhor temporada, mas a situação da Sampdoria é bem mais problemática, da mudança no comando à prisão de seu presidente. Assim, contra um adversário em crise, o caminho estava aberto para a Velha Senhora avançar na Copa da Itália. E, depois do jogo maluco contra a Roma no final de semana, a Juve pegou gosto por marcar gols. Dentro do Estádio Allianz, os bianconeri golearam por 4 a 1 e selaram sua passagem às quartas de final. O adversário na próxima fase será o vencedor do duelo entre Sassuolo e Cagliari, marcado para esta quarta-feira.

A Juventus dominou o primeiro tempo de forma incontestável. A pressão da Velha Senhora era enorme e o gol até demorou a sair. O goleiro Wladimiro Falcone faria boa defesa em chute de Juan Guillermo Cuadrado aos 13, enquanto as bolas na área se sucediam. O gol, contudo, contou com uma falha do arqueiro da Samp. Aos 26, Cuadrado cobrou falta no meio da barreira e a bola passou ao lado de Falcone. Segundos depois, a Juve teria um gol de Morata anulado por falta na construção da jogada. A reta final do primeiro tempo seguiria com um bombardeio, mas Falcone voltou a salvar, sobretudo nas tentativas de Daniele Rugani e Morata.

O placar se tornou mais condizente à superioridade da Juventus aos sete minutos, quando Rugani marcou de cabeça. A Sampdoria só acertou sua primeira finalização no alvo aos 18 minutos. E o recém-contratado Andrea Conti marcou um bonito gol, em pancada cruzada que Mattia Perín tocou com a ponta dos dedos, sem conseguir salvar. O susto, porém, não seria suficiente para atrapalhar os planos da Juve. Aos 21, numa bola roubada na entrada da área por Manuel Locatelli, Paulo Dybala chutou forte e marcou o terceiro – desta vez com comemoração efusiva, para não gerar discussão. E a Velha Senhora só encerrou a festa aos 32, quando Morata converteu pênalti.

Lazio sofre e Immobile resolve

A outra equipe a se classificar nesta terça-feira para as quartas de final da Copa da Itália foi a Lazio. Os biancocelesti suaram um bocado contra a Udinese no Estádio Olímpico, mas selaram a vitória por 1 a 0 na prorrogação. Ciro Immobile precisou sair do banco para resolver a partida, com um golaço por cobertura. Na próxima fase da competição, os laziali medirão forças com o Milan.

A Lazio até foi melhor no primeiro tempo, mas se limitava aos muitos cruzamentos. Na melhor chance, Vedat Muriqi cabeceou para grande defesa de Marco Silvestre. A Udinese cresceu no segundo tempo e deu bem mais trabalho a Pepe Reina, embora os laziali tenham tentado uma pressão final para evitar a prorrogação. Silvestri reapareceu com um milagre em pancada de Sergej Milinkovic-Savic. No primeiro tempo extra, Tolgay Arslan deu outro susto nos biancocelesti com uma falta que bateu do lado de fora da trave. Mas, logo no início do segundo tempo da prorrogação, Immobile resolveu. Danilo Cataldi descolou um lançamento perfeito e botou o artilheiro na cara do gol. Com um leve toque de canhota, ele encobriu Silvestri e determinou o triunfo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo