Copa da Itália

Governo autoriza público limitado na final da Copa da Itália entre Atalanta e Juventus

Decisão marcada para 19 de maio deverá ter cerca de 4.300 espectadores no Estádio Mapei, em Régio da Emília

O governo italiano confirmou nesta quinta-feira (29) que a final da Copa da Itália poderá receber público limitado. Marcada para o dia 19 de maio, a decisão entre Atalanta e Juventus acontecerá no Estádio Mapei, em Régio da Emília, e deverá ter 20% da capacidade preenchida, cerca de 4.300 espectadores se levarmos em conta a capacidade total descrita no site do Sassuolo, um dos clubes que joga no estádio.

A autorização vem duas semanas após a confirmação da presença de torcedores nos quatro jogos da Eurocopa a serem realizados no Estádio Olímpico de Roma, com abertura parcial de 25% dos assentos. O torneio de seleções acontecerá entre junho e julho.

“Depois de falar com o ministro Roberto Speranza, confirmei a disposição do governo em abrir 20% do estádio para os torcedores (na final da Copa da Itália). O Comitê Técnico-Científico vai gerar um protocolo para permitir que os torcedores possam assistir ao jogo em segurança, no que diz respeito às regras contra a covid-19″, explicou o subsecretário de saúde Andrea Costa, em declarações publicadas pela Gazzetta dello Sport.

Além da final da Copa da Itália, Costa afirmou que espera estender a abertura parcial para outros eventos esportivos, entre eles a final do Masters 1000 de Roma, em 16 de maio. Ele projeta que estes dois eventos possam ser testes importantes para a Eurocopa: “Um sinal fundamental para todo o mundo do esporte, que mais uma vez abre caminho na indicação de datas para um retorno gradual à vida normal”.

Os detalhes do protocolo para acesso à final da Copa da Itália deverão ser definidos em breve, com o Comitê Técnico-Científico programado para se reunir nesta sexta-feira (30).

Assim como a Itália, a Inglaterra deverá ter a final de sua copa nacional com público. Depois da semifinal entre Leicester e Southampton realizada com a presença de quatro mil pessoas no Wembley, a decisão, em 15 de maio, receberá 21 mil pessoas. Do outro lado do Canal da Mancha, os anúncios do presidente Emmanuel Macron nesta quinta-feira abriram caminho para que a final da Copa da França possa receber até mil pessoas. Na Alemanha, a Federação Alemã descartou a presença de público para a final da sua copa nacional.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo