Itália

Tem vaga? Lateral ex-Seleção Brasileira deve ficar livre no mercado de transferências

Contrato de Alex Sandro com a Juventus se encerra em junho, e lateral-esquerdo de 33 anos deverá se tornar agente livre

Alex Sandro começou não só a Copa do Mundo de 2022, como por quase todo o ciclo dela, sendo o titular absoluto da Seleção Brasileira. Conhecido por ser firme, e consistente no ataque e também como defensor, ele conquistou sua vaga com bastante discrição. Porém, durante a competição, ele sofreu com lesões e desfalcou o Brasil inclusive nas quartas de final, contra a Croácia.

Agora com 33 anos, parece cada vez mais iminente a saída do jogador da Europa, onde atua desde 2011. Segundo o jornal Gazzetta Dello Sport, Alex Sandro, que tem contrato com a Juventus somente até junho deste ano, não deverá renovar com a Vecchia Signora, e estará livre no mercado a partir de julho.

Reserva e lealdade a ex-treinador pesam contra

Reserva a partir desta temporada, em que inclusive chegou a atuar como zagueiro, Alex Sandro passou a ter menos espaço ao longo do tempo. Porém, há ainda outro fator que o distancia ainda mais da equipe bianconera. O periódico italiano informa que ele era um dos homens leais ao técnico Massimiliano Allegri, demitido nos últimos dias. Na última temporada, a Juventus teve de estender o contrato de Alex Sandro com um alto salário após o treinador escalá-lo em várias partidas, fazendo com que ele atingisse uma renovação automática.

A saída provável da Juventus faz com que muitas portas se abram como possibilidades para o atleta. Revelado pelo Athletico Paranaense, Alex Sandro se destacou no Santos, e foi vendido ao Porto já em 2011. Porém, foi na Juventus, a partir de 2015, que ele se transformou em um jogador seguro e nome constante na Seleção Brasileira. Mais experiente, o lateral-esquerdo pode ser uma opção para clubes brasileiros, mas também para clubes médios da Europa ou até de países como Arábia Saudita ou EUA.

Saída de Allegri pode mexer com outros atletas

De todos os jogadores mais conectados com Allegri, Alex Sandro é o único visto praticamente certo como carta fora do baralho, mesmo que não seja o único em fim de contrato. Com excelente relação com o ex-técnico da Juventus, Adrien Rabiot é titular da equipe, mas ainda não renovou seu contrato. A decisão deve ficar para os próximos dias.

O favorito para assumir o comando da Juventus é Thiago Motta, técnico do Bologna. Como o brasileiro naturalizado italiano foi companheiro do volante francês no PSG, quando ambos atuavam na capital francesa, isso pode pesar a favor de Rabiot, em uma eventual renovação. Além do volante, Mattia De Sciglio é outro atleta em fim de contrato. Por mais que seja apenas reserva, seu salário é considerado baixo, e uma renovação ainda não foi totalmente descartada.

Lançados por Allegri no time principal nos últimos anos, o zagueiro Federico Gatti e o volante Fabio Miretti também são vistos pela diretoria como muito ligados ao técnico, mas ambos, ainda jovens e com potencial de evolução dentro do clube, são benquistos pela torcida e pelos mandatários. A saída de Allegri pode ser positiva também para Federico Chiesa. Sem tanto protagonismo com o técnico anterior, o atacante trabalha em uma renovação de contrato a partir de agora.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo