Itália

Inter cogita Carew e Charisteas para substituir Milito

A perda de Diego Milito pelo resto da temporada foi um baque para os torcedores da Internazionale. O argentino não tem um substituto à altura e deixa o time com poucas opções na frente. São apenas três atacantes disponíveis: Antonio Cassano, Rodrigo Palacio e Tommaso Rocchi. Se a contratação deste último já tinha sido digna de reclamação dos torcedores, o pior ainda pode estar por vir: o time está cogitando contratar, por quatro meses, John Carew ou Angelos Charisteas, ambos com 33 anos.

Como se sabe, nenhum jogador pode ser contratado pelos clubes fora da janela de transferências, apenas aqueles sem contrato. E, por isso, Carew e Charisteas aparecem como opções. Os dois estão sem jogar desde a temporada passada, quando foram dispensados de West Ham e Panetolikos, respectivamente. Ambos são centroavantes clássicos, com presença de área e não são conhecidos por ter mobilidade.

Carew, que tem 1,97 metro de altura, surgiu no Valerenga, na Noruega, em 1997. Passou pelo Rosenborg entre 1999 e 2000, quando foi contratado pelo Valencia. Ficou até 2004 nos Ches e foi para a Roma, por empréstimo. Não convenceu. Foi, então, para o Besiktas, vendido pelo Valencia, e ficou novamente uma temporada. Em seguida foi para o Lyon, em 2005, e jogou pouco nos dois anos que ficou na França. Foi para o Aston Villa em 2007, onde ficou até 2011. Foi emprestado ao Stoke City, em uma passagem rapida, antes de deixar o clube e defender o West Ham na temporada passada. Acabou dispensado no final da temporada e está sem jogar desde então.

Charisteas, 1,91m, surgiu no Aris em 1997, passou por Athinaikos em 1998/99, Werder Bremen em 2002, onde ficou até 2005, Ajax, na temporada 2005/06, Feyenoord, em 2006/07, Nürnberg, entre 2007 e 2010, Bayer Leverkusen, por um semestre em 2009, Aris-Avignon, em 2010, Schalke 04 em 2011 e Panetolikos durante toda a temporada 2011/12.

Mas a carreira de clubes de Charisteas não teve o mesmo destaque que na seleção, que defende 2001. Ele foi o principal artilheiro da equipe que venceu a Eurocopa de 2004, marcando inclusive o gol do título, contra Portugal, na final. Apesar da Grécia não ter conseguido a classificação para a Copa do Mundo de 2006, foi ara a Eurocopa de 2008 e para a Copa do Mundo de 2010. Parecia ser a última aparição do atacante com a camisa da Grécia, mas ele voltou a ser chamado em 2011, contra a Geórgia, no dia 11 de outubro. O jogo era pelas eliminatórias para a Eurocopa de 2012. Aquele gol ajudou a Grécia a classificar o país. Ele esteve na Eurocopa, mas não conseguiu marcar por lá.

A Inter está em quinto lugar na tabela do Campeonato Italiano com 43 pontos, um a menos que o arquirrival Milan, que tem 44, mas com um jogo a mais disputado. A Lazio também tem 44 e é a terceira. O Napoli tem 50 pontos, em segundo lugar, e a líder é a Juventus com 55.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo