InglaterraPremier League

Yaya Touré, um motor de € 26 milhões anuais. Vale tanto?

As negociações foram longas. Durante os últimos meses, Yaya Touré foi várias vezes especulado fora do Manchester City. Paris Saint-Germain, Real Madrid e Anzhi surgiam como potenciais destinos para o meio-campista, que não estaria muito contente com sua realidade nos Citizens. Nesta quinta-feira, porém, o clube conseguiu assegurar a permanência de seu principal jogador – e o mais capaz de levá-lo aos sonhados títulos.

Touré, que já tinha vínculo com o City até o final da temporada 2014/15, renovou seu contrato por mais dois anos. Segundo o jornal Daily Mail, o marfinense receberá por conta do acordo € 13,2 milhões anuais, além do salário semanal de € 250 mil. Considerando também os cerca de € 3,6 milhões que recebe em patrocínios, Touré passará a embolsar por ano € 29,6 milhões.

O valor o impulsiona como quarto jogador mais bem pago do mundo, atrás apenas de David Beckham (€ 36 milhões), Lionel Messi (€ 35 milhões) e Cristiano Ronaldo (€ 30 milhões). Touré também aparece muito à frente de Sergio Agüero (€ 19 milhões), sétimo geral na lista elaborada pela France Football e até então o mais abonado do futebol inglês. E, considerando apenas a quantia recebida junto ao clube, seus € 26 milhões vão além dos € 20 milhões que o Anzhi dá a Samuel Eto’o.

Vale tanto dinheiro?

Juntado a gana por títulos e o incentivo financeiro, fica difícil duvidar do potencial de Yaya Touré dentro de campo. O marfinense foi o motor do clube na campanha do título inglês de 2011/12. E se a desorganização impera na equipe de Roberto Mancini nesta temporada, a culpa não é do astro.

O marfinense não é o mesmo monstro de meses atrás, mas continua sendo um dos jogadores mais regulares. São oito gols e cinco assistências em 33 partidas, médias inferiores às registradas no último ano. Ainda assim, o camisa 42 continua controlando o meio-campo dos Citizens. Em média, o volante dá 80,3 passes por jogo, 16,3% do total do time. É o segundo melhor da estatística na EPL e bem acima de Gareth Barry (59,5), segundo do City.  Também é um dos cinco melhores da equipe em chutes, lançamentos e passes para finalização.

Aproveitamento de passes de Yaya Touré na Premier League 2012/13 (Via squawka.com)
Para recuperar a condição de favorito em 2012/13 e evitar um terceiro vexame na Liga dos Campeões, no entanto, o City precisará ir além de Touré e reforçar o elenco. As carências entre zagueiros e meias são evidentes e um novo atacante deverá ser trazido para a lacuna deixada por Mario Balotelli. Isso sem contar, é claro, a possível chegada de um novo técnico. Desgastado demais, Mancini perdeu a mão da equipe e não demonstra possuir alternativas para uma nova guinada.

Prestes a completar 30 anos, Yaya Touré ainda tem muito vigor físico e já provou ser ótima peça para se formar a espinha dorsal de um time, podendo atuar em diferentes funções. Os xeiques sabem disso e, considerando a inflação natural pela oferta de petrolibras nos cofres do clube, resolveram pagar bastante para mantê-lo. Ainda assim, um dinheiro alto demais para um jogador excelente como Touré e que dificilmente outro clube teria para tirá-lo de Manchester.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo