Wenger: “Walcott ama o Arsenal e o Arsenal o ama”

Técnico enaltece a ligação do jogador com o clube, na esperança da renovar o contrato do astro de 23 anos

A novela da renovação de contrato de Theo Walcott continua e o técnico do Arsenal, Arsène Wenger, declarou que o jogador tem uma ligação forte com o clube, logo após o jogador marcar três gols na vitória sobre o Newcastle, neste sábado. O contrato do jogador com o Gunners acaba em junho.

O atacante, de 23 anos, faz jogo duro com o clube e segue sem ter destino definido para a próxima temporada. Os motivos para Walcott ponderar a saída do time do norte de Londres é o mesmo de outras estrelas que deixaram o clube: a falta de contratações de peso. Mas, além disso, Walcott tem exigido jogar como atacante centralizado, onde prefere, e não como ponta aberto pelos lados do campo.

Wenger, em entrevista coletiva após o jogo, ressaltou que clube e jogador possuem ligação forte. “Aqui é o lugar dele. Eu quero resolver isso com a mesma intensidade. Eu acho que ele ama o clube e o clube o ama”, disse.

O primeiro gol de Walcott contra o Newcastle teve um estilo familiar para a torcida dos Gunners. Pareceu muito com o estilo de gols de Thierry Henry, o maior artilheiro da história do clube – e que ainda é especulado para voltar ao time, por empréstimo.

“Foi um gol com o estilo de Thierry Henry. Ele fez muito bem, isso mostra como eu acho que ele pode fazer. Ele pode jogar pelo meio, ele apenas ficará mais forte”, declarou o treinador. “Ele é um bom finalizador, ele aprendeu muito porque é um jogador inteligente. Ele continuará a melhorar”, elogiou ainda o comandante.