InglaterraPremier League

Van Gaal: “Em clubes menores como o Leicester é mais fácil comprar jogadores”

O encontro deste domingo entre Leicester e Manchester United, que selar o título para o líder, escancarou uma situação muito interessante: se Van Gaal gastou dez vezes mais que o adversário da próxima rodada nas suas duas temporadas em Old Trafford, por que está a 17 pontos de distância, faltando três rodadas para o final do campeonato? O técnico holandês teve que sambar um pouco para responder e se saiu com uma resposta curiosa.

LEIA MAIS: Ranieri se emociona com agradecimentos dos torcedores do Leicester

“Há uma grande diferença”, disse Van Gaal. “Não é fácil comprar jogadores em um clube como o Manchester United. Para clubes como o AZ Alkmaar – que o holandês treinou – ou Leicester, é muito mais fácil comprar jogadores. Nós temos que pagar muito mais. Temos que pagar o agente e temos que pagar o próprio jogador. E também a pressão da transferência sobre o jogador é menor e a pressão para o atleta jogar bem é menor”.

Van Gaal tem certa razão no que diz. Clubes e jogadores pedem mais alto quando estão negociando com o Manchester United ou o Real Madrid porque sabem que existe dinheiro para ser gasto. Por outro lado, inegavelmente, o primeiro critério para avaliar a viabilidade de uma contratação é ter dinheiro, e nesse quesito, a diferença a favor do United em relação ao Leicester e outros clubes menores ainda é gigante. E o pequeno, ao contrário do grande, precisa fazer muitas apostas e tem muito menos espaço para errar.

Em outra resposta sobre o surpreendente sucesso do Leicester, Van Gaal foi um pouco mais preciso. “Eles puderam jogar sempre com o mesmo time e não jogaram tantos jogos quanto outros times da Premier League. Então é possível, sempre possível”, analisou. Afinal, é futebol.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo