Estados UnidosInglaterra

Uma foto de Brek Shea cria conflito entre ingleses e americanos

O direito de ter armas de fogo é motivo de orgulho para um texano, é quase um símbolo de seu estado. Na Inglaterra, a visão é bem diferente, e sua circulação é enormemente controlada pelo governo. Mas o que acontece quando esses dois modos diferentes de ver o mundo se cruzam? Bem, o meia Brek Shea resolveu fazer um teste antropológico.

Nascido no Texas e jogador da seleção norte-americana e do Stoke City, ele aproveitou suas férias para exercer seu direito de ter armas, exibi-las e mostrar isso ao mundo. Fez isso postando a foto ao lado no Instagram. Para ser um estereótipo maior do americano, só se estivesse com um Big Mac e uma Coca-Cola do lado.

Claro, a reação foi imediata. Muita gente respondeu ao jogador argumentando contra ou a favor da foto, mas alguns foram exaltados, e virou briga ideológica entre americanos e ingleses. Veja só as duas mensagens abaixo:

O jogador percebeu que aquilo (a foto e a troca de sopapos virtuais) tudo não fazia muito bem a sua imagem com a torcida de seu time. Para evitar mais polêmicas ele tirou a imagem do ar e pediu desculpas.

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo