InglaterraPremier League

Uma façanha: De Laet pode ser campeão da Premier League e da Championship nesta temporada

Ritchie de Laet tem história no futebol inglês. O lateral chegou ao país em 2007 e rodou por nove clubes das divisões nacionais – incluindo o Manchester United. Em 2012, desembarcou no Leicester, vivendo boa parte da montanha-russa das Raposas. Só que, depois de participar de 12 jogos da Premier League com Claudio Ranieri, perdendo a posição para Danny Simpson, o lateral direito acabou emprestado ao Middlesbrough. O que pode lhe garanti um feito e tanto nas próximas semanas: se sagrar campeão da primeira e da segunda divisão na mesma temporada. Suas duas equipes vêm contribuindo para isso.

VEJA TAMBÉM: Torcida do Middlesbrough invadiu Manchester e protestou em apoio a operários demitidos

A missão do Leicester é mais fácil, sete pontos à frente na Premier League. Enquanto isso, o Middlesbrough reassumiu a primeira posição da Championship nesta terça, ultrapassando o Burnley em dois pontos. De Laet foi titular na vitória por 2 a 1 sobre o Reading, no Estádio Riverside. O gol decisivo saiu apenas aos 49 do segundo tempo, anotado por Adam Forshaw. O possível “bicampeão inglês” não é titular absoluto do Boro, mas costuma ser uma peça útil na equipe treinada por Aitor Karanka.

O Middlesbrough, aliás, faz por merecer a grande campanha na Championship. A equipe investiu pesado nos últimos meses e possui um elenco recheado de nomes conhecidos – a exemplo de Jordan Rhodes, Cristian Stuani, Gastón Ramírez, Emilio Nsue e Grant Leadbitter, além dos “locais” Stewart Downing e Jonathan Woodgate. Força representada nas copas, eliminando Manchester City e Manchester United nas duas últimas temporadas, além de dar trabalho para Liverpool e Arsenal. A volta à Premier League, com quatro pontos de vantagem para o terceiro colocado, parece próxima. E o título ainda poderia valer para o feito peculiar de seu novo lateral.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo