EuropaInglaterraPortugal

Um licor português transformou a expulsão de B. Alves em um criativo pedido de desculpas a Kane

Nenhuma marca quer ver a sua imagem atrelada a um momento ruim, uma agressão ou uma expulsão. Mesmo que elas não tenham nada a ver com isso. Mesmo que ninguém nem imaginasse pensar algo ruim delas. O que o Licor Beirão fez foi aproveitar uma cena que foi muito repetidas nos últimos dias de forma negativa e transformá-la em algo positivo: a expulsão de Bruno Alves, da seleção de Portugal, em Harry Kane, da seleção inglesa por um lance feio do zagueiro português sobre o atacante inglês.

LEIA TAMBÉM: Alvo do Leicester, Slimani pode fazer o dobro de gols de Vardy, segundo seu técnico

As seleções dos dois países se enfrentaram em amistoso e Bruno Alves foi atabalhoado na bola, atingindo Kane na cabeça. O atacante até conseguiu ficar de pé, continuar correndo, mas o árbitro parou a jogada, agressiva como foi, e expulsou o autor da falta. Tudo muito bom, tudo muito bem, e o que o Licor Beirão tem a ver com isso? Bom, a placa de publicidade bem atrás de onde acontece o lance – e, portanto, veiculada mundialmente – traz justamente a marca de licor português.

Por isso, a empresa tratou de fazer disso uma oportunidade de marketing. Divulgou um vídeo com o lance e brincou chamando a atenção: “Esta imagem foi muito repetida nos últimos dias, mas o que ninguém reparou é que na frente da nossa publicidade tinha um português acertando um inglês na cabeça”. A marca, então, faz uma carta pedindo desculpas a Kane e diz que enviou uma garrafa do licor para o atacante inglês. Atitude de classe e uma ótima oportunidade de marketing bem aproveitada.

A dica do vídeo veio do nosso leitor, Pedro Manuel Vicente Martins. Obrigado, Pedro! Se você não entende inglês, há legendas em português, basta ativar. Assista:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo