Inglaterra

Tentando superar crise, Chelsea bate Birmingham na FA Cup

Apesar de todas as nuvens negras rondando o Stamford Bridge, o Chelsea assegurou a classificação para as quartas de final da Copa da Inglaterra nesta terça-feira. Depois de empate por 1 a 1 no primeiro jogo contra o Birmingham City, os Blues venceram a partida de desempate por 2 a 0, gols de Juan Mata e Raul Meireles. Na próxima fase, os Blues recebem o Leicester City, em confronto marcado para o dia 18 de março.

Roberto Di Matteo começou seu trabalho como interino do Chelsea surpreendendo logo na primeira escalação. Deixou Frank Lampard, Didier Drogba e John Terry, este retornando de lesão, entre os reservas, enquanto Ashley Cole nem no banco ficou. Entre os “senadores”, apenas Petr Cech apareceu entre os titulares, portando a braçadeira de capitão.

E, assim como na época de André Villas-Boas, o Chelsea parecia apático contra o um time pequeno. O Birmingham teve mais iniciativa ofensiva nos primeiros minutos, principalmente com Nikola Zigic. Os londrinos demoraram a se soltar em campo e ameaçaram pela primeira vez aos 18 minutos, em chute de Ramires que saiu por cima do gol. Já aos 24, Wade Elliott respondeu, mas Petr Cech fez a defesa.

Os Blues conseguiram melhorar sua postura com o decorrer da primeira etapa e passaram a exercer pressão nos dez minutos finais. Na melhor chance, aos 42 minutos, Colin Doyle salvou chute de Juan Mata, já dentro da grande área. Pouco depois, Fernando Torres limparia a marcação com maestria na entrada da área, mas arremataria mal, ao lado do gol.

Buscando o resultado na segunda etapa, o Chelsea abriu o marcador aos oito minutos. Ramires roubou bola no meio-campo e cruzou da direita. Após rebatida na defesa, Juan Mata aproveitou para balançar as redes. Sete minutos depois, Raúl Meireles ampliaria a vantagem, em chute da entrada da área que morreu no ângulo de Doyle.

Os visitantes poderiam ter marcado o terceiro aos 25 minutos, mas desperdiçaram penalidade. Fernando Torres foi derrubado por Guiranne N’daw dentro da área. Na cobrança, Colin Doyle acertou o canto e rebateu a cobrança rasteira de Juan Mata. Apesar das tentativas, o Chelsea se contentou com os dois gols de diferença. Aos 32, Torres deixou Daniel Sturridge de frente para o gol, mas errou o alvo. No fim, os anfitriões chegaram a ameaçar, mas tiveram suas melhores chances defendidas por Petr Cech.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo