Inglaterra

Taylor: 'Ficarei feliz quando Eduardo voltar a jogar'

Martin Taylor expressou seu arrependimento pela violenta entrada em Eduardo da Silva, que provocou uma dupla fratura na perna esquerda do atacante do Arsenal. Em entrevista ao diário The Independent, o defensor do Birmingham também falou sobre as ameaças de morte recebidas por ele.

“A lesão foi terrível. Quando ele voltar à forma e marcar um gol pelo Arsenal pela primeira vez, todos nós sentiremos melhor. Ficarei muito feliz quando o vir de volta com o Arsenal e a seleção da Croácia e fizer gols”, afirmou.

Taylor visitou o brasileiro, naturalizado croata, no hospital Selly Oak, após a cirurgia feita pelo atacante. Eduardo da Silva deve voltar aos gramados em nove meses. Pela entrada, cometida logo no começo da partida, o jogador do Birmingham foi expulso e suspenso por três partidas. Além do arrependimento pela jogada dura, ele foi obrigado a conviver com a fúria de alguns torcedores dos Gunners que passaram dos limites.

“Há pessoas que vêem diferente. Receber ameaças de morte é algo difícil de se lidar e tem sido assim para minha família. Felizmente as pessoas mudam, mas esta semana foi complicada. Fui vê-lo no sábado, mas infelizmente ele ainda estava se recuperando da cirurgia. A primeira coisa que fiz no domingo foi visitá-lo, e Eduardo ficou feliz em me ver. Apesar da barreira do idioma, disse a ele que não queria lhe prejudicar de forma alguma e desejava uma rápida recuperação”, disse.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo