InglaterraPremier League

Suárez: “Liverpool pode ficar entre os quatro primeiros”

A temporada do Liverpool é novamente decepcionante, mas nas últimas rodadas o time tem mostrado uma recuperação. O time ainda é sétimo colocado na Premier League, dez pontos atrás do quarto colocado Chelsea, que ocupa a última posição para uma vaga na Liga dos Campeões. Alcançar os Blues parece uma tarefa complicada com apenas dez jogos a serem disputados, mas o artilheiro da Premier League, Luis Suárez, acredita que é possível. Ele tem sido o grande jogador dos Reds na temporada. E para isso, será preciso começar vencendo o Tottenham, neste fim de semana (leia mais sobre o jogo no roteiro do fim de semana)

“Nós estamos em boa fase recentemente e é uma boa oportunidade para reduzir a diferença entre nós e os Spurs”, disse Suárez. “Há uma pequena chance de nós chegarmos à Liga dos Campeões – e se nós queremos isso, esse é o tipo de jogo que precisamos ganhar”, afirmou o uruguaio, que já marcou 21 gols na liga nesta temporada.

Em janeiro, o time contratou o atacante Daniel Sturridge, que estava no Chelsea, e também o meia Philippe Coutinho, da Internazionale. Os dois tiveram bons inícios com a camisa do novo clube e deram um pouco de esperança aos torcedores, mas a distância ainda preocupa.

“As coisas estão indo bem com Daniel, mas não apenas ele, tem também Philippe. Eles trouxeram algo e nos deram algo a mais”, disse Suárez. “Os rapazes que estavam aqui antes faziam um trabalho fantásticos, mas agora temos mais opções como um time”, explicou o atacante.

Com nove gols marcados nos últimos dois jogos da Premier League – 5 a 0 no Swansea e 4 a 0 no Wigan -, os Reds esperam conseguir vencer um jogo contra um dos times mais fortes da liga no momento, algo que não conseguiu em jogos anteriores. Não conseguiu vencer nem Manchester United, nem Manchester City, nem Arsenal nos dois jogos contra essas equipes. Contra Chelsea e Tottenham, o time só jogou no primeiro turno. E perdeu ambos. Apesar das boas atuações contra os times grandes, não conseguiu resultados, o que faz diferença na classificação. Se o Liverpol quer mesmo subir meteoricamente, será preciso vencer esses jogos.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo