Inglaterra

Suárez dá uma mão e Liverpool elimina time da 5ª divisão

O atacante Luis Suárez é um imã para polêmicas. Neste domingo, a bola da vez foi o seu gol, que classificou o Liverpool para a próxima fase da FA Cup, na vitória por 2 a 1 sobre o Mansfield Town, no One Call Stadium.

O jogo começou com o Liverpool mostrando que é mais técnico e impondo a sua maior classe ao adversário. Tanto que aos sete minutos de jogo, Shelvey fez um belo passe para o estreante Daniel Sturridge, que finalizou com categoria e abriu o placar. Indicativo de jogo fácil pela frente? Não. O jogo mostraria que não.

O time do Mansfield Town, limitado tecnicamente, superou com uma grande vontade e marcação precisa, pressionando desde a saída de bola. Foi assim que o time causou perigo, mais na base do abafa, e chegou a ameaçar o empate.

O segundo tempo começou exatamente assim, com o time da casa tentando de tudo para empatar o jogo. Em um gramado terrível e com pressão, o Liverpool,q eu jogou com um time mesclado, tinha dificuldades e praticamente não existia em termos ofensivos. Quando Brendan Rodgers trocou Sturridge por Luis Suárez as coisas esquentaram.

Em um cruzamento para a área, Suárez dominou a bola com a mão, olhou para o árbitro, que não marcou falta, e ele chutou para o gol vazio. Gol polêmico, qe gerou muita reclamação dos jogadores do Mansfield, mas a arbitragem validou o lance.

O problema desse tipo de lance é mais a arbitragem que Suárez. Claro que o jogador não deveria ter colocado a mão na bola para dominar, mas o árbitro teve um lance como esse, claramente irregular, e não marcou. Gol validado e segue o jogo.

O segundo gol dos Reds destruiu a empolgação do Mansfield. O time perdeu a força que vinha mostrando então e caiu de rendimento. Mas continuou com a raça de antes e acabou sendo premiado com um gol. Em uma cobrança de falta, bate rebate na área e Matthew Green mandou para as redes.

A pressão do time da casa nos minutos finais foi grande em busca de mais um gol. Mas foi insuficiente. O Liverpool avança na FA Cup, mas com muito mais dificuldade do que se imaginava no início da partida.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.