Copa da Liga InglesaInglaterra

Sturridge teve atuação para ganhar confiança e deixar Klopp em dúvida

Dentro do ótimo começo de temporada do Liverpool, as melhores atuações (Arsenal, Chelsea, Leicester) foram com Lallana em campo. O meia inglês, como outros do elenco, cresceu sob o comando de Jürgen Klopp, e o time funciona melhor com ele. Com todo mundo em forma, não é provável que Sturridge seja titular. E, nesse contexto, sua atuação nesta terça-feira, contra o Tottenham, na vitória por 2 a 1 nas oitavas de final da Copa da Liga Inglesa, serve para ganhar confiança e colocar uma pulguinha atrás da orelha do técnico Klopp.

LEIA MAIS: Klopp: “Gerrard sempre será bem-vindo no Liverpool”

Sturridge tem até jogado: nove partidas, quatro como titular. Começou desde o início os jogos contra Chelsea e Leicester, mas um dos principais jogadores de ataque estava indisponível em cada um deles – Coutinho e Firmino, respectivamente. Com todo mundo em forma, a dupla brasileira e Sadio Mané são titulares absolutos. Depois da fraca atuação contra o Manchester United, na semana passada, e com a melhora coletiva depois da entrada de Lallana, o meia inglês está à frente na prioridade de Klopp neste momento.

Foi assim no fim de semana, contra o West Brom, e foi assim nesta terça, quando Klopp escalou uma equipe reserva para enfrentar o Tottenham com Sturridge desde o começo. Ao seu lado, estavam jovens como Kevin Stewart, Trent-Arnold e Ejaria, além de jogadores claramente secundários, como Moreno, Klavan, Grujic e Origi. E ele aproveitou muito bem a chance.

Sturridge fez os dois gols da vitória por 2 a 1. Foi oportunista para aproveitar um cruzamento no tento que abriu o placar e depois teve tranquilidade para tocar na saída de Vorm – embora não tenha sido a melhor finalização da sua vida. Ainda criou outras boas oportunidades, como em um chute de Trivela desviado que levou perigo e um bom passe para Danny Ings, que o desperdiçou. No geral, pareceu com muita fome de bola, que costuma ser a melhor maneira de cair nas graças de Klopp.

O Liverpool teve uma atuação segura em Anfield, superior à do Tottenham, e chegou com méritos às quartas de final da Copa da Liga Inglesa, prometendo mais uma boa campanha em copas com Klopp – foi vice desta competição e da Liga Europa na última temporada. No entanto, mais uma vez permitiu que uma vitória tranquila fosse recheada de emoção ao levar um gol na metade do segundo tempo. Ainda precisa alcançar certa solidez para se colocar de verdade na briga pela Premier League.

Sturridge pode ser importante nesse trajeto, seja como titular, seja como opção do banco de reservas. Cobra-se muito do jogador de 27 anos porque, de todos os atacantes do elenco, ele é o único com a capacidade comprovada de marcar mais de 20 gols na Premier League, como fez em 2013/14. As lesões e a queda de rendimento das temporadas seguintes colocam um ponto de interrogação: será que aquela campanha, com um excepcional Suárez ao seu lado, foi uma exceção na sua carreira? Cabe apenas a ele mostrar que não.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo