Inglaterra

Sheffield United fracassa em apelo, e West Ham fica na elite

O Sheffield United fracassou na tentativa de reverter seu rebaixamento à segunda divisão inglesa. Nesta terça-feira, um tribunal arbitral independente rejeitou o apelo dos Blades contra a decisão da Premier League de não tirar pontos do West Ham United por violação das regras de transferências nas contratrações de Carlos Tevez e Javier Mascherano, em agosto do ano passado.

O West Ham, que escapou com uma multa de € 8 milhões, escapou do rebaixamento na última rodada – mas uma penalização em pontos poderia ter mudado a história e provocado a permanência do Sheffield United na elite.

Em um segundo recurso, também negado, o Sheffield United argumentava – em conjunto com o Fulham – que Tevez deveria ter sido considerado irregular para as partidas depois que se descobriu a irregularidade na transferência. O regulamento da Premier League proíbe que terceira parte – no caso a empresa Media Sports Investment – tenha direitos sobre os jogadores.

O tribunal arbitral, liderado pelo juiz aposentado Sir Philip Otton, não tinha o poder de alterar a punição ao West Ham, mas poderia ter considerado que o julgamento inicial foi insuficiente e apontado uma nova comissão independente para analisar o caso.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo