Inglaterra

Sem perder a magia, Henry volta a decidir pelo Arsenal

Thierry Henry provou que a estátua levantada em sua homenagem em frente ao Emirates Stadium não está lá à toa. O francês precisou de menos de dez minutos para voltar a balançar as redes em sua reestreia pelo Arsenal, garantindo vitória por 1 a 0 sobre o Leeds, pelos 32-avos de final da FA Cup.

Os londrinos tiveram o domínio durante a primeira etapa, mas encontraram dificuldades para passar pelo Leeds, que, além de marcar bem, também saía em velocidade com eficiência. O primeiro chute da partida saiu aos dois minutos, mas a tentativa de Andrey Arshavin foi para fora.

Aos 15 minutos, o time da casa esteve a centímetros de marcar. Marouane Chamakh cobrou falta na área e Sébastien Squillaci, de cabeça, mandou a bola para fora. Pouco depois, foi a vez de Mikel Arteta errar o alvo, em finalização de fora da área. O Leeds só assustaria aos 24 minutos, mas Luciano Becchio também errou o alvo. A partir daí, a partida seguiu bastante truncada, sem boas oportunidades para a alterar o placar. Nos acréscimos, Aaron Ramsey tentou surpreender em chute de fora da área, mas a bola desviou em um zagueiro e seguiu para escanteio.

Mais eficientes no ataque, os Gunners voltaram a ameaçar logo no primeiro minuto do segundo tempo. Oxlade-Chamberlain avançou pela direita e arrematou com perigo, mandando a bola para fora. Aos oito minutos, foi a vez de Chamakh ajeitar para Arteta bater forte e o goleiro Lonergan fazer a defesa. O arqueiro ainda faria outra boa intervenção pouco depois, em batida de longe de Oxlade-Chamberlain.

O tão esperado retorno de Thierry Henry se consumou aos 23 minutos, com o atacante entrando no lugar de Chamakh. E bastaram nove minutos para o francês voltar a marcar com a camisa vermelha. Alexandre Song deu belo lançamento em profundidade para Henry, que, após ganhar dos zagueiros na velocidade, dominou dentro da área e tocou no canto inferior de Lonergan.

Arshavin teve a chance de ampliar aos 37 minutos. O russo recebeu na lateral da grande área e bateu forte, acertando a rede pelo lado de fora. O Arsenal seguiu no controle da partida até os minutos finais, mas sem ampliar. O adversário dos Gunners nos 16-avos de final já está definido: a equipe enfrenta o Aston Villa no Emirates Stadium, em partida que acontece entre os dias 28 e 29 de janeiro.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo