Inglaterra

Sem mais reservas, Liverpool teve goleiro de 18 anos como centroavante em amistoso

Não tem muita regra em amistoso de pré-temporada. Nem oficial, nem extraoficial. Por isso, quando se viu sem opção no banco de reserva para substituir Lucas Leiva, que sentiu uma lesão, Jürgen Klopp não hesitou em colocar o goleiro reserva Shamal George, de 18 anos, como centroavante na partida desta quarta-feira, contra o Huddersfield, que o Liverpool venceu por 2 a 0.

LEIA MAIS: Por que o Liverpool continua torrando dinheiro em jogador do Southampton?

Com uma camisa sem número, George, que só tem aparições em times de categorias de base até agora, foi colocado no ataque para fazer parceria com Danny Ings. Mostrando um senso de posicionamento até que razoável, ele quase saiu na cara do gol, mas o árbitro marcou impedimento.

“Ele foi maravilhoso”, comemorou Klopp. “Depois que eu organizei o sistema para atuar com dez homens, me disseram no banco: ‘Vamos lá, temos o Shamal'”. Aos 43 minutos do segundo tempo, o Liverpool teve um pênalti, e os torcedores dos Reds que estavam no estádio ficaram frustrados quando Alberto Moreno apresentou-se para cobrar. Queriam ver um gol de George. “Apesar de não parecer o tempo inteiro, nós levamos estes jogos a sério, então não queríamos transformá-los em piada”, disse Klopp.

 

Shamal George está como segundo goleiro do Liverpool na pré-temporada enquanto Simon Mignolet e Danny Ward recuperam-se da Eurocopa. O recém-contratado Loris Karius vem sendo titular.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo