Inglaterra

Sem Ferguson, Premier League agora tem Mourinho Time

Isso foi comum de se ver Old Trafford. Se o Manchester United estivesse perdendo, o tempo de acréscimo dado pelo árbitro seria enorme. O popular “até empatar”. Na Inglaterra, eles apelidaram esse expediente de “Fergie Time”, em homenagem ao ex-técnico Alex Ferguson. Agora que o escocês está aposentado, a tradição mudou de cidade, clube e técnico. Estamos presenciando o início da história. O início do Mourinho Time.

A bola rolava no oeste de Londres. O Chelsea havia aberto o placar com Samuel Eto’o, mas, em um intervalo de sete minutos, Shane Long e Stephane Sessegnon viraram para o West Brom. O resultado não só atrapalharia a campanha dos Blues rumo ao título inglês, mas seria a primeira derrota de José Mourinho em Stamford Bridge pela Premier League, após 46 vitórias e 14 empates.

Eis que o árbitro Andre Marriner decide que essa marca não cairia. Não neste sábado. Deu quatro minutos de acréscimo e, no último deles, marcou um pênalti em uma queda de Ramires de dar inveja a Ashley Young e Neymar, que simularam faltas durante a semana. Steven Reid mal encostou e o brasileiro desabou que nem as ações de Eike Batista. Eden Hazard cobrou bem e empatou para o Chelsea.

O curioso é que Alex Ferguson, apesar de os árbitros terem sido simpáticos nas decisões ao longo dos seus 26 anos de carreira, sempre foi um crítico ferrenho dos apitadores ingleses e não perdeu a chande de desqualificá-los na sua autobiografia. A comparação aqui também cabe porque Mourinho reclama da arbitragem, em média, a cada 23 segundos. Depois desse pênalti, será que vai continuar reclamando?



Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo