Inglaterra

Sancho é finalmente oficializado e usará a camisa 25 do Manchester United: “Sonho realizado”

O jogador de 21 anos se tornou o primeiro grande reforço dos Red Devils, que agora possuem quatro das cinco contratações mais caras da Premier League

Mais de 20 dias depois de anunciar que havia fechado um acordo com o Borussia Dortmund pela contratação de Jadon Sancho, o Manchester United, enfim, oficializou o negócio nesta sexta-feira e anunciou também a camisa que o garoto da seleção inglesa usará nos próximos anos.

Sancho será o número 25 do Manchester United, após ser o 7 no Borussia Dortmund e o 17 na seleção inglesa que chegou à final da Eurocopa. Será o décimo jogador a colocá-lo nas costas desde que a Premier League introduziu a numeração nas camisas em 1993/94, após nomes como Odion Ighalo (o mais recente), Antonio Valencia, Quinton Fortune e Jordi Cruyff.

Ou seja, terá uma chance boa de associar a camisa 25 dos Red Devils à sua história em Old Trafford, como fizeram Ole Gunnar Solskjaer com a 20 e Paul Scholes com a 18, segundo o próprio site oficial do Manchester United.

Sancho realizou exames médicos depois do fim da Eurocopa e ainda faltavam alguns detalhes para o acordo ser finalizado. O jogador de 21 anos assinou contrato até junho de 2026, com opção por mais uma temporada, e retorna a Manchester, por onde havia passado, na base do City, antes de se transferir à Alemanha em busca de mais tempo de jogo.

Pelo Borussia Dortmund, rapidamente se transformou em um dos principais jogadores do time, completando sua passagem com 50 gols e 64 assistências em quatro temporadas, e chega ao seu novo clube para acrescentar qualidade aos lados do campo, posição que vinha sendo ocupada primariamente por finalizadores como Marcus Rashford e Mason Greenwood.

Independente da formação, deve ser um ataque de muita velocidade, ao melhor estilo que Solskjaer introduziu à equipe desde que substituiu José Mourinho, com Edinson Cavani como ponto focal – ou Anthony Martial, Greenwood ou Rashford em uma formação ainda mais leve.

“Serei sempre grato ao Dortmund por me dar a oportunidade de jogar futebol em um time principal, embora eu sempre soube que retornaria à Inglaterra um dia”, afirmou o garoto ao site oficial do United. “A chance de defender o Manchester United é um sonho realizado e mal posso esperar para atuar na Premier League”.

“Este é um time jovem e empolgante e eu sei que, juntos, podemos nos desenvolver em algo especial e trazer o sucesso que os torcedores merecem. Estou ansioso para trabalhar com o técnico e sua comissão para desenvolver ainda mais o meu jogo”, completou Sancho.

Sancho custou cerca de £ 73 milhões, segundo a imprensa inglesa, e agora o Manchester United tem quatro das cinco contratações mais caras da história da Premier League (Paul Pogba, Harry Maguire, Romelu Lukaku e Virgil Van Dijk, do Liverpool), o que aumenta a pressão sobre Ole Gunnar Solskjaer para ir além de um distante segundo lugar e realmente brigar pelo título que o maior campeão da Inglaterra não conquista desde a aposentadoria de Alex Ferguson, em 2012/13.

No entanto, há incertezas em relação ao futuro de Paul Pogba em Old Trafford, com o francês entrando no último ano do seu contrato e pouca indicação no noticiário de que está disposto a renová-lo. Caso realmente não haja acordo, o United provavelmente optará por vendê-lo agora a perdê-lo de graça ao fim da temporada. O Paris Saint-Germain aparece como o principal interessado, mas ele também já foi muito associado ao Real Madrid – que não anda bem de grana.

Mas o United ainda não perdeu nenhum jogador relevante e também está na briga pelos serviços do zagueiro Raphaël Varane, do Real Madrid, que preencheria uma das principais lacunas do seu time titular – o parceiro de Maguire – e do lateral direito Kieran Trippier, do Atlético de Madrid, um importante reforço à rotação das laterais porque pode atuar nas duas.

“Jadon é a epítome do tipo de jogador que quero trazer ao clube. Ele é um atacante com as melhores tradições do Manchester United. Será uma parte importante do meu time pelos próximos anos e estamos ansioso para vê-lo florescer. Seu histórico de gols e assistências fala sozinho e ele também trará muita velocidade, classe e criatividade à equipe”, disse Solskjaer.

“Old Trafford lhe dará a plataforma que precisa para liberar seu talento ainda inexplorado e atuar no nível mais alto. Para um jogador da sua idade, Jadon já conquistou bastante coisa e mostrou a coragem de sair e se provar em outro país. Estamos ansioso para receber Jadon no time durante a preparação para a próxima campanha”, completou.

Campeão mundial sub-17 em 2017, Sancho conquistou uma Copa da Alemanha e uma Supercopa da Alemanha com a camisa do Borussia Dortmund. Teve poucas oportunidades na última Eurocopa, com apenas um jogo como titular, contra a Ucrânia, nas quartas de final, e alguns minutos diante da Tchéquia na fase de grupos. Entrou para bater pênaltis no fim da prorrogação na decisão contra a Itália e, ao lado de seu novo colega Rashford e Bukayo Saka, do Arsenal, desperdiçou uma das batidas que decretou o título italiano.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo