Inglaterra

Robinho saiu sem permissão, confirma Hughes

O técnico do Manchester City, Mark Hughes, afirmou nesta quinta-feira que o atacante Robinho viajou ao Brasil sem autorização do clube. O brasileiro deixou a concentração do clube em Tenerife, onde o time realizava um período de treinamentos, alegando ter “problemas familiares” a resolver. Robinho alega que o clube havia sido avisado sobre sua decisão.

“Robbie (Robinho) saiu sem minha permissão”, disse Hughes ao site oficial do City. “Ele sentiu que tinha problemas pessoais a resolver, tomou a decisão de deixar a concentração e viajar ao Brasil. Não foi com minha permissão, e com a situação de momento não é prático trazê-lo de volta para cá, com fusos horários e a duração dos voos. Portanto, ele estará de volta no fim de semana para treinar na primeira oportunidade quando retornamos a Manchester”.

O treinador confirmou que Robinho deve ser punido por seu ato de indisciplina: “Quando ele voltar, falarei com ele e explicarei minha posição, e decisões serão tomadas depois disso. Ele me ligou e entende que devemos esclarecer o assunto – e faremos isso. Então, seguiremos em frente”.

“Obviamente ele sentia que havia coisas a resolver em casa, e então, equivocadamente, ele tomou a decisão de viajar ao Brasil. Mas ele voltará no fim de semana, e garantiremos que ele conheça meu pensamento. Estou certo de que teremos uma explicação mais detalhada de Robbie”, justificou.

Hughes disse ainda que não há ligação entre a viagem de Robinho ao Brasil e o fracasso nas tentativas de contratar o meia Kaká, do Milan: “Ele mesmo já disse isso, e ele estava no avião para o Brasil quando as negociações foram encerradas. Quem tenta ligar as duas coisas está tentando causar confusão”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo