Premier League

Stoke oferece ônibus gratuitos a qualquer torcedor para todos os jogos fora de casa

O Stoke City pode não contar com uma das torcidas mais numerosas da Inglaterra, mas possui uma das mais fieis. E a diretoria do clube sabe muito bem como agradar os seus fanáticos. Os Potters confirmaram que um dos programas de torcedores mais bacanas da Premier League seguirá em vigor, pela quinta temporada consecutiva. A diretoria oferecerá ônibus gratuitos a qualquer um que quiser acompanhar os jogos da equipe fora de casa. Os veículos saem do Estádio Britannia rumo aos outros cantos da Inglaterra – em distâncias todas inferiores a 300 quilômetros.

Segundo o Stoke, 12,5 mil torcedores se beneficiaram do esquema na última temporada. Foi o primeiro clube profissional da Inglaterra a estabelecer um projeto do tipo. “Ficamos muito contentes pela maneira como nossos torcedores abraçaram a iniciativa de oferecer ônibus gratuitos. Eles viajam aos jogos fora de casa em números bem maiores do que em outros momentos de nossa história recente. Na última temporada, levamos uma média de 1,9 mil torcedores a cada jogo fora de casa, um crescimento de 40% desde que introduzimos o programa. No começo, tínhamos três ou quatro ônibus saindo, agora são 14 a cada jogo”, afirma Tony Scholes, executivo dos Potters.

Levando em conta os jogos em casa, o Stoke City teve média de público de 27,4 mil torcedores no Estádio Britannia, a 13ª maior da primeira divisão. Mais importante, no entanto, é a excelente taxa de ocupação: 98,2% das arquibancadas se encheram ao longo da campanha na Premier League. Os Potters ainda tiveram o terceiro carnê de temporada mais barato em 2016/17, a um custo total de £294. Respeito à torcida que prevalece.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo