Premier League

Quem são os 30 jogadores com 100 gols na Premier League

Salah é o mais novo membro do clube, após marcar neste domingo contra o Leeds

Neste domingo, e já era questão de tempo, Mohamed Salah chegou ao seu gol de número 100 na Premier League. O atacante do Liverpool colaborou para a vitória contra o Leeds, pela quarta rodada da Liga. Com a façanha, o egípcio é o 30º jogador a chegar nessa marca, o que ajuda a mostrar o quão exclusivo é este clube.

LEIA MAIS:  Salah chega ao gol 100 pela Premier League em vitória do Liverpool contra o Leeds

Para se ter uma ideia, muita gente da lista precisou de quase dez anos disputando a Premier League para alcançar o gol 100. Cabe lembrar que esse período se limita ao ano de 1992 em diante. O ex-meia Matt Le Tissier, ídolo do Southampton, que parou nos 100, precisou de uma década e 270 jogos para entrar no clube, enquanto Salah, que ainda tem muitos anos pela frente, jogou apenas 162.

Os que ainda podem subir no ranking

Mas vamos subir um pouco mais nessa relação para ver o quilate dos envolvidos. Entre os que estão em atividade, temos apenas Romelu Lukaku, do Chelsea, com 114 gols, Jamie Vardy, do Leicester, com 120, e Harry Kane, com 166. Kane, aliás, é o que está mais próximo do topo, ocupando a sétima colocação, podendo subir para o quinto lugar se tiver uma temporada minimamente razoável.

Não-europeus causaram grande impacto

Salah mira também ultrapassar outro grande ídolo do futebol inglês em breve: Didier Drogba. O marfinense, que esteve no Chelsea em 11 temporadas, anotou 104 gols em 254 aparições. O impacto causado por ele, de fato, só pode ser comparado ao de Salah e seu companheiro de Liverpool, Sadio Mané.

O clube dos 100, inclusive, só tem Salah e Drogba como representantes africanos. Mas eles não são os únicos não-europeus. O lendário Dwight Yorke, artilheiro de Trinidad e Tobago, com passagem por diversos clubes e destaque pelo Manchester United, marcou 123. A diferença é que Yorke jogou de 1992 a 2009, um tempo bastante longo em atividade. Outros gols de Yorke não entraram na conta, uma vez que ele chegou ao Aston Villa em 1990, dois anos antes da formação da Premier League como conhecemos.

Lá em cima, no quarto posto, está Sergio Agüero, que embora ainda esteja em atividade, não deve retornar à Liga tão cedo. Com a camisa do Manchester City, o argentino balançou as redes 184 vezes em dez anos. Ele chegou em 2011 ao clube, ajudando os Citizens a conquistarem o título em seu primeiro ano.

Outros dados relevantes

Já que estamos falando de curiosidades, aqui vai outra: são poucos meias no clube. Le Tissier (100), Paul Scholes (107), Ryan Giggs (109), Steven Gerrard (120) e Frank Lampard (177). Em linhas gerais, a maioria dos jogadores presentes são ingleses, o que é esperado dentro desse recorte. Agüero é o único não-inglês entre os cinco maiores goleadores.

Você já deve ter presumido que o líder desse pelotão é Alan Shearer, o homem que impulsionou o Blackburn à conquista da Premier League em 1994-95. Pois é, de 1992 a 2006, o camisa 9 encaixotou incríveis 260 gols em 441 partidas. A vantagem para o segundo da lista, Wayne Rooney, é bastante significativa: o ex-Everton e Manchester United encerrou a carreira com 208 tentos em 491 jogos. Fechando o pódio, outro representante que fez história nos Red Devils: Andy Cole, que marcou 187 vezes em 414 aparições.

Mas a melhor média entre todas não é de nenhum dos que foram ao pódio. A briga é acirrada, mas nessa estatística, o bala mesmo é Thierry Henry, que balançou as redes 175 vezes em 258 jogos, para uma média de 0.68. Agüero e Kane estão logo atrás do francês, com 0.67.

Confira a lista completa clicando aqui.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo