Premier League

Liverpool típico em Anfield: desperdiçou pontos contra o Southampton

O que é mais típico que o Liverpool perder pontos contra times menores na Premier League? Pois foi mais uma vez que aconteceu neste domingo, contra o Southampton, em Anfield Road. O empate por 0 a 0 foi frustrante para os Reds, que, assim, coloca ainda mais fogo na briga por Champions League.

LEIA TAMBÉM: De Bruyne foi o craque do Manchester City na vitória sobre o Crystal Palace

Os Saints foram até Anfield para fazer seu jogo: se posicionar atrás da linha da bola para fechar os espaços. O Liverpool, com dificuldade, tentava especialmente com chutes de fora da área. Coutinho, por exemplo, foi um dos que mais tentou, até por ser a sua especialidade. Foram três chutes de Coutinho ao longo da partida, todos para defesa de Forster.

Com a posse de bola, o Liverpool tentava, mas a verdade é que foram poucas chances de verdade para marcar. O time ficou devendo em futebol e não foi criativo para fazer a defesa do Southampton sofrer. Houve só um grande momento de perigo: um pênalti dado para o Liverpool aos 21 minutos de partida.

James Milner, batedor oficial de pênaltis do Liverpool, foi para a cobrança e bateu até bem. Forte, no canto baixo direito de Forster. O problema é que o goleiro do Southampton é um dos melhores da liga, é muito alto (2,01 metros), e se o pênalti não for muito bem executado, há uma boa chance de defesa. Foi o que aconteceu.

Jürgen Klopp levou Adam Lallana a campo para tentar ser mais ofensivo, tirando Lucas Leiva. O Liverpool pressionou, chegou à área adversária, mas pouco fez para realmente assustar. O 0 a 0 parecia inevitável. E foi.

Um empate amargo para o Liverpool, que vai a 70 pontos e 36 jogos. O Manchester City tem 69, mas um jogo a menos, 35. Manchester United, com 34 jogos até o fechamento deste texto, tem 65 pontos. O Arsenal, com 33 jogos, tem 60. A briga promete ficar quente nestas últimas rodadas.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!