Premier League

Depois de tudo o que enfrentou, é bacana ver Raúl Jiménez balançando novamente as redes, mesmo em amistoso

Emendando jogos nesta pré-temporada, Jiménez voltou a anotar um gol pelo Wolverhampton após sua grave lesão craniana

Após a grave fratura no crânio que sofreu em novembro, Raúl Jiménez já deveria se considerar vitorioso por restabelecer sua vida normal. O centroavante, no entanto, vai além ao retomar sua carreira e recuperar o velho faro de gol. O mexicano participa da pré-temporada com o Wolverhampton e emenda uma sequência de partidas após ficar oito meses afastado dos gramados. Continua tendo seu destaque nos Lobos, agora comandados por Bruno Lage. Neste sábado, Jiménez anotou o tento de sua equipe no empate contra o Stoke City em amistoso preparatório.

Após choque com David Luiz, Raúl Jiménez correu riscos de ter sua trajetória interrompida aos 30 anos e precisará usar uma proteção na cabeça durante o resto de sua carreira. Ainda assim, é um ônus pequeno considerando a seriedade de sua lesão. E o centroavante se mostra disposto a dar a volta por cima. Já tinha permanecido em campo durante 30 minutos contra o Crewe Alexandra e depois atuou por mais 60 minutos diante do Betis. Em jogo-treino contra o Al Shabab, com portões fechados, até balançou as redes cobrando pênalti. Por fim, neste sábado, anotou o primeiro gol diante do público nesta recuperação.

O lance contra o Stoke City não foi dos mais difíceis. Num rebote do goleiro após chute cruzado de Nelson Semedo, Jiménez viu a meta escancarada à sua frente e só cutucou para dentro. O tento, ainda assim, contou com uma ampla comemoração nas arquibancadas do Estádio Britannia. Mesmo com o time da casa cedendo o empate por 1 a 1 naquele momento, os torcedores do Stoke aplaudiram o mexicano por sua superação. O centroavante permaneceu em campo durante 74 minutos, antes de ser substituído.

Raúl Jiménez indica que poderá retomar a titularidade do Wolverhampton no início da próxima temporada. Willian José não teve sua permanência acertada e voltou para a Real Sociedad. Fábio Silva permanece como uma alternativa ao comando do ataque, mas ainda é muito jovem, enquanto Patrick Cutrone e Rafa Mir voltam de empréstimo. O espanhol é quem mais chama atenção como alternativa, após se destacar no Huesca e botar a Espanha nas semifinais olímpicas neste sábado. Jiménez, ainda assim, possui uma história de respeito com os Lobos e prova seu desejo em seguir escrevendo novos capítulos felizes no clube.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo