Premier League

‘É por vocês terem acreditado’: Arteta agradece torcida do Arsenal após vice

Apesar da campanha histórica, o Arsenal tem que lidar com o 2º lugar, mas não deixa de mirar no futuro; Havertz diz se sentir 'frustrado'

O Arsenal tentou, mas parar o Manchester City de Pep Guardiola não é fácil. Com a última rodada da Premier League dessa temporada, os Gunners tiveram que lidar com o vice-campeonato após uma campanha histórica. A torcida, que esteve presente na campanha e, especialmente neste último jogo, quando o título já era bem improvável, teve o reconhecimento do técnico Arteta.

“Tudo isso está acontecendo porque vocês começaram a acreditar. Vocês foram pacientes”, mensagem de Arteta para os torcedores do Arsenal.

Chegar tão perto e conquistar 27 vitórias em 38 jogos, mais do que os invencíveis de 2003/2004, que terminaram a temporada sem perder, é realmente um grande feito. Apesar do título ter ido para o City, Arteta não deixou de elogiar o elenco.

— Todo o crédito tem que ir para os jogadores e comissão técnica, que foram incríveis. Eu acho que agora é a hora de tirarmos um tempinho, pensar, refletir e continuar, continuar inspirando esse time. Não fiquem satisfeitos porque queremos muito mais e vamos conseguir — declarou.

Voltar ainda melhor e mais fortes

Quem também aproveitou para deixar um recado para os seus torcedores foi o capitão Odegaard. Ele prometeu que os jogadores voltarão ainda mais determinados para a próxima temporada.

— Estávamos numa boa onda, e ainda mais perto do que no ano passado, mas agora temos que usar a pausa para voltarmos ainda mais fortes e com mais fome de vencer –, disse o capitão.

“Honestamente pessoal, eu não consigo agradecer o suficiente por tudo o que vocês fizeram por nós. O apoio que tivemos nos jogos fora de casa, parecíamos que estamos jogando em casa, e os jogos em casa tem um clima diferente. Nós amamos vocês, então muito obrigado”, finalizou.

Frustração com o vice

Já Havertz, autor do gol da vitória contra o Everton, que chegou a dizer na penúltima rodada que torceria para o rival Tottenham se isso fosse ajudar na conquista do título, não conseguiu esconder o fato de estar desapontado. O jogador disse, após o jogo, que não conseguia nem pensar e classificou a situação como ‘frustrante’.

— Espero que consigamos no ano que vem que possamos dar para os torcedores do Arsenal o que eles querem. Nesse momento eu não consigo nem pensar. É muito frustrante. É difícil. O que eu posso dizer é que no próximo ano seremos um time ainda melhor e vamos dar tudo de nós. É tudo o que posso dizer — disse o jogador.

Quem também já tinha se mostrado frustrado com o vice campeonato Edu Gaspar, o brasileiro diretor esportivo do Arsenal. Em entrevista exclusiva ao The Athletic, antes da última rodada, ele admitiu que não é fácil ter a melhor defesa, ter feito uma pontuação tão alta, não ter perdido para o City de Guardiola e, ainda assim, não levantar a taça.

— É frustrante. Se você observar nossos números agora e o nosso desempenho, pode não ser suficiente. Mas não podemos esquecer o quão bem estamos indo e o progresso que nos impulsiona — disse o ex-jogador.

Apesar do sentimento de frustração, Edu não desanima e quer, assim como Arteta, alcançar evolução para a próxima temporada.

— Como diretor esportivo adoro o que faço e quero fazer mais. Eu quero ser melhor. Tenho que pensar na próxima temporada e em como podemos fazer ainda melhor. Adoro o que faço todos os dias quando sento aqui, tentando melhorar e cuidando da equipe, conversando com as pessoas. É energizante, me dá combustível. A equipe é desafiadora, o clube está saudável e o sentimento de família está de volta — completou.

Foto de Gabriella Telles

Gabriella Telles

Gabriella Telles é nascida e criada no subúrbio do Rio de Janeiro. Se formou em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e já trabalhou na TNT Sports. Apaixonada por futebol, pagode e corrida.
Botão Voltar ao topo