Inglaterra

Premier League estabelece cota mínima de formados em casa

 A Liga Inglesa definiu nesta terça-feira novas regras para a próxima temporada. Os clubes da Premier League terão limite de 25 atletas no elenco, sendo obrigatório que oito deles tenham sido formados no próprio país.

De acordo com a nota da liga, os 20 clubes concordaram com a mudança, que valerá para a campanha de 2010/11.

“Para a próxima temporada, os clubes deverão ter um elenco de até 25 jogadores, dentre os quais não mais que 17 devem ter mais de 21 anos, e formados fora”, disse o diretor executivo Peter Scudamore, ao site oficial da liga.

De acordo com a nota, são considerados atletas formados no próprio país aqueles que tenham treinado por pelo menos três anos, antes de completar 21, em algum clube profissional britânico.

“Isso tornará a compra de jogadores e novos talentos formados aqui mais atrativa”, defendeu Scudamore, que ainda acrescentou que a seleção nacional só terá a ganhar com essa iniciativa. “Os times não poderão comprar um elenco inteiro de estrangeiros”, completou.

“O problema na Inglaterra é que entre as categorias de base e a equipe principal há um grande buraco. Será difícil trazer alguns jovens de qualidade”, argumentou o técnico do Liverpool, o espanhol Rafael Benítez. “Para vários clubes será fácil, mas talvez para os cinco maiores significará trazer oito jogadores locais das categorias de base, que normalmente não forma muitos atletas de qualidade na Inglaterra.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo