InglaterraPremier League

Por culpa da neve, o Norwich teria perdido uma venda de € 5 milhões no último dia de mercado

O último dia da janela de transferências no mercado europeu foi muito abaixo do esperado. Muitos negócios ficaram emperrados e a maioria sequer saiu da coluna de especulações dos jornais. E a situação na Inglaterra ficou ainda mais difícil porque nem a natureza quis ajudar. Correndo sérios riscos de rebaixamento na Premier League, o West Brom saiu correndo com o carrinho de compras antes que o mercado fechasse. Acabou atrapalhado pela neve, que não permitiu a contratação de Martin Olsson.

MERCADO: Cuadrado molda ainda melhor o elenco mais completo da Premier League

O lateral sueco do Norwich tentava chegar à sede dos Baggies antes das 23 horas, limite para os acertos na Premier League. Segundo a Sky Sports, problema é que o seu carro atolou na estrada que liga as duas cidades inglesas, próxima a Coventry – a cerca de 50 km de West Bromwich. Sem conseguir tirar a neve a tempo, Olsson perdeu o prazo para fazer os exames médicos e assinar o contrato com o ex futuro clube.

E o pior é que não foi apenas o West Brom que perdeu uma boa contratação. O acerto seria em definitivo e renderia cerca de € 5 milhões para o Norwich, que faz uma campanha mediana na segunda divisão e não tem tantas chances de conquistar o acesso para a próxima temporada. Outras fontes na imprensa inglesa até dizem que Olsson recusou o negócio por desejar uma cláusula de rebaixamento no contrato. Difícil imaginar que, por isso, ele tenha preferido ficar na segundona. E essa história nem é tão legal quanto a outra.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo