Inglaterra

Pochettino não quer repetir Potter e trabalha para evitar ‘loucura’ dentro do Chelsea

Diferentemente de Graham Potter na temporada passada, Pochettino quer estar envolvido nas negociações de novos jogadores

Longe da forma ideal e aguardando pela janela de transferências de janeiro para fazer contratações e reforçar seu elenco, o Chelsea espera acertar nas negociações do início de 2024 e assim mudar um pouco a sua história dentro da temporada. Na 10ª colocação da Premier League com 25 pontos, os Blues estão bem longe de qualquer chance de se classificar para alguma competição europeia neste momento, já que a distância para o 5º colocado Tottenham é de 11 pontos.

Mas nada que um empurrãozinho na janela de transferências não resolva e neste sentido, o técnico Mauricio Pochettino quer estar a par de tudo o que acontecer e estar ativo na escolha e negociação dos futuros jogadores do Chelsea para o próximo ano. Segundo informações do jornal Telegraph, o time londrino pretende contratar três jogadores na janela de janeiro e todos devem passar pelo crivo e aprovação de Pochettino, que diferentemente de Graham Potter na última temporada, quer ter total controle sobre a qualidade e quantidade dos jogadores do elenco dos Blues.

Em 2022/2023, o Chelsea gastou quase 300 milhões de euros com o antecessor de Pochettino não tendo praticamente nenhuma participação na abordagem e na análise da qualidade das contratações. Como resultado, passou a segunda metade da temporada em um verdadeiro inferno, com um elenco inchado e consequentemente na sua demissão. O técnico argentino não quer ter este tipo de dor de cabeça e ao lado de Behdad Eghbali, responsável direto pelas contratações no clube londrino, quer estar por dentro de tudo o que acontece no clube em relação a contratações.

“É óbvio que o treinador principal, técnico ou dirigente, é uma loucura pensar que ele não estará envolvido em nenhuma decisão para o futuro na minha área. Claro que vamos partilhar com os proprietários, os diretores esportivos, mas não consigo conceber a ideia de não estar envolvido”, disse Pochettino em entrevista ao jornal.

Quem poderá chegar e sair do Chelsea nesta janela?

A maior necessidade do time neste momento é um centroavante de área. Apesar de ter demonstrado um bom futebol sem um homem de referência na vitória por 2 x 1 diante do Crystal Palace na última rodada da Premier League, atuar sem um jogador fixo no ataque não parece muito o perfil de Pochettino, que deve utilizar-se desta estratégia em momentos ocasionais até o fim da temporada. Por isso, precisa estar ligado ao merado para contratar de forma eficiente para melhorar a qualidade do setor ofensivo do Chelsea, que em 19 jogos marcou 31 gols.

As opções para esta posição no mercado não são vastas e um dos possíveis alvos do clube londrino nesta janela é Ivan Toney, do Brentford. Em termos de saídas, Ian Maatsen e Trevoh Chalobah poderão se despedir do clube caso haja alguma proposta atraente pelos jogadores, assim como Gallagher, um dos maiores ativos do Chelsea neste momento e poderá sair dos Blues caso receba uma oferta que vá de encontro aos interesses da diretoria dos Blues.

Comunicação entre Chelsea e Pochettino é fundamental

O técnico do Chelsea entende que o time precisa de reforços para conquistar um lugar de maior destaque no cenário ao final da temporada, mas também entende que para evitar problemas financeiros terá de gastar menos do que em 2022/2023, por isso, quer estar junto em todo e qualquer processo de contratação, para ter a certeza de estar fazendo o correto, sempre alinhando as suas expectativas enquanto comandante do time e as ambições do clube, que deseja retomar o protagonismo não só na Inglaterra, mas também na Europa.

Pochettino mantém contato direto com os dirigentes do Chelsea, alinhando expectativas para que assim que a janela de janeiro abrir, ambas as partes possam estar alinhadas e o time consiga trazer jogadores de bom nível para melhorar o desempenho do time na Premier League e quem sabe buscar a Copa da Liga Inglesa ou a Copa da Inglaterra.

“A comunicação é muito boa, conversamos todos os dias e tomaremos decisões porque estamos todos de acordo. Para mim, o desafio é mais ser consistente. Com os jogadores que temos podemos fazer uma época muito boa, mas precisamos de melhorar”, afirmou Pochettino.

Neste sábado, o Chelsea encara o Luton Town, fora de casa, no Estádio Kenilworth Town e precisa da vitória, mesmo fora de casa, para manter a sua 10ª colocação e não se complicar ainda mais na tabela do Campeonato Inglês. Este será o último compromisso dos Blues no ano de 2023.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo